Boeing 787
Foto - Boeing/Divulgação

Gradativamente a Boeing está entregando diversos pedidos para o 787 Dreamliner, mesmo tendo atravessado alguns problemas a aeronave tem uma boa carteira de pedidos para os próximos anos.

A fabricante norte-americana ficou pouco mais de cinco meses sem entregar nenhum 787, tendo sido retomadas as entregas em março desse ano. Apesar de alguns problemas, a moderna aeronave da Boeing teve sua carteira de pedidos ampliada nos últimos meses.

Diante do cenário atual, onde as companhias aéreas estão buscando renovar a frota com aeronaves mais modernas e com custo operacional menor, a tendência é que aeronaves como o Boeing 787 e o Airbus A350 sejam cada vez mais vistos em operação.

Com a autonomia de voo de 14.140km, cerca de 7.635 milhas, a versão 787-9 é a mais vendida de toda a família. Podendo transportar até 290 passageiros, a versão -9 pode substituir aeronaves como o Boeing 767 e também o Boeing 777-200.

Para o 787-8, a fabricante tem pedidos para 40 aeronaves. Há pedidos da versão para a Boeing Capital Corporation para 13 aviões e um pedido para versão executiva do 787-8 que será entregue ao Iraque.

A versão -9 a mais vendida possui 320 pedidos dessa aeronave, 31 pedidos são para um cliente não identificado. Com 30 aeronaves encomendadas, a Emirates vai ser a mais nova empresa a operar o moderno avião da Boeing. A Lufthansa também irá estrear o modelo em sua frota, tem pedidos para 25 aeronaves.

A American Airlines possui ainda 25 pedidos, a Qatar Airways tem 23 e a empresa de leasing de aeronaves Aer Cap possui 20 pedidos. Ainda na versão -9, a Boeing tem pedidos em aberto ou de empresas que deixaram de operar, são elas a Korean Ai, Bamboo Airways e a Jet Airways que encerrou suas operações.

Na versão -10, a Etihad possui pedidos para 21 aviões, mais 19 pedidos para a Air Lease, a Air France/KLM tem nove aeronaves na fila. A British Airways e a Korean Air possuem 10 pedidos cada, e há dois clientes não identificados, um irá receber 13 aeronaves e o outro receberá cinco. A All Nippon Airways tem pedidos para oito da versão -9 e mais 12 na versão -10.