Em um acordo improvável, a Boeing declarou que está investindo US$ 20 milhões na Virgin Galactic, uma empresa de voos espaciais criada pelo Richard Branson, e que aposta em voos turísticos para o espaço.

Até o momento, a Virgin Galactic investiu US$ 1 bilhão em capital para construir sistemas espaciais reutilizáveis para humanos, projetados para permitir que significativamente mais pessoas experimentem e utilizem o espaço. A linha de espaçonaves VSS está nessa lista.

“O investimento estratégico da Boeing facilita nosso esforço para impulsionar a comercialização do espaço e ampliar o acesso do consumidor a novas formas de transporte seguras, eficientes e ambientalmente responsáveis”, disse Brian Schettler, diretor executivo da Boeing HorizonX Ventures.

Quando o avião-foguete estiver pronto, a Virgin Galactic irá oferecer o “turismo espacial” por um valor de US$ 250000. O voo inclui um breve momento com a gravidade terrestre quase nula e uma visão da Terra através do espaço. A empresa já tem autorização da FAA para realizar esse tipo de voo.

A Boeing diz que vai mesclar a experiência da Virgin, em criar veículos espaciais reutilizáveis, com sua experiência em realizar missões para a órbita da Terra, e com critérios de segurança nos níveis da NASA.

Mais de 600 pessoas pagaram ou fizeram depósitos para voar a bordo das missões suborbitais da Virgin, incluindo o ator Leonardo DiCaprio e o cantor Justin Bieber. Um voo de 90 minutos custa 250 mil dólares.

DEIXE UMA RESPOSTA