Boeing 767-300BCF
Foto: Boeing

A Air Transport Services Group (ATSG) contratou com a Boeing para a conversão de quatro aeronaves para 767-300 Cargueiros Convertidos (BCF). Atualmente, a ATSG é líder global em locação de cargas, operando uma frota de 106 aeronaves, incluindo mais de 967 cargueiros convertidos. Além disso, a ATSG é o maior locador de 767-300 cargueiros convertidos do mundo.

Contudo, a versão convertida de passageiros para cargas do 767-300 conta com mais de 100 pedidos por clientes de todo o mundo. A ATSG tem fornecido capacidade de aeronaves widebody convertidas para cargueiros para atender à crescente demanda do mercado. E assim, construindo um ano recorde para pedidos de clientes da família de cargueiros da Boeing.  

“Nossa confiança contínua na plataforma 767-300, agora com os serviços e suporte do OEM, reforça nosso compromisso de fornecer os melhores serviços confiáveis para nossos clientes”, disse Mike Berger, diretor comercial da ATSG. “Estamos orgulhosos de fazer parceria com a Boeing à medida que expandimos nossa frota para atender à crescente demanda e esperamos um crescimento futuro juntos”, concluiu o executivo. 

Entretanto, o fabricante norte-americano possui mais de 4 décadas de experiência em conversões em aeronaves de passageiros para cargueiros. Incluindo manuais totalmente integrados e suporte técnico de classe mundial. 

Por fim, os cargueiros convertidos contam com a vantagem de estarem associados ao maior portfólio de serviços, suporte e soluções do setor. Saiba mais sobre o 767-300 BCF e toda a família de cargueiros da Boeing (clicando aqui).

Curiosamente, após o início da pandemia do coronavírus, muitas aeronaves que antes eram exclusivamente voltadas par ao uso de passageiros, passaram a ter uma “segunda oportunidade” como aeronaves de cargas. É o caso do Boeing 737-800 e o Airbus A321, avião europeu que se tornou concorrente direto do clássico 757-200F. 

DEIXE UMA RESPOSTA