• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

Boliviana de Aviación (BoA) realiza operação com o Boeing 767 em Guarulhos

Boeing 767 Boliviana de Aviación BoA
Foto: RobertLN / Planespotters.net

Nesta semana a Boliviana de Aviación (BoA) precisou realizar a troca do seu equipamento titular na rota para o Aeroporto de Guarulhos. 

No dia 26 de março, o voo OB 736 que tem como origem o Aeroporto Internacional Viru Viru em Santa Cruz de la Sierra na Bolívia e destino final o Aeroporto Internacional de Guarulhos em São Paulo teve de ser operado pelo Boeing 767-300ER.

Originalmente a rota é operada pelo Boeing 737-800 configurado para transportar 168 passageiros. Possivelmente por problemas técnicos, a Boliviana de Aviación (BoA) precisou escalar seu maior avião para voo com destino à Guarulhos.

A companhia aérea boliviana opera voos diários em São Paulo, partindo de seu principal hub em Santa Cruz de La Sierra. 

A frota da Boliviana de Aviación é composta por doze aeronaves, sendo sete Boeings 737-300, quatro da versão -700 e mais quatro da versão -800 além de quatro B767-300ER e um Bombardier CRJ-100.

Confira o vídeo da operação do Boeing 767

A frota de Boeing 767 da companhia aérea é composta por aeronaves com a média de idade de 27,3 anos, entre eles, aeronaves que já operaram na Varig e na TAM. 

Os widebodies da BoA são configurados para transportar 225 passageiros em duas classes, sendo 10 na Executiva e 215 na Econômica. 

Da frota de quatro aeronaves Boeing 767, dois deles operaram na Varig. As matrículas CP-2880 e CP-3017 voaram na Varig anteriormente, sendo este último na fase final da empresa já sob o controle da GOL, tendo voado como PR-VAN.

O CP-2881 voou na TAM de 2008 até 2014, quando foi repassado para a Boliviana de Aviación. Em 2014 a TAM recebeu aeronaves mais novas da LAN para ampliar sua oferta de assentos em voos internacionais e também com uma nova configuração de cabine.

A Boliviana também já havia operado um Airbus A330, porém a aeronave ficou menos de um ano em operação entre 2012 e 2013. Há planos para que a empresa volte a operar o modelo da Airbus em substituição aos antigos 767s.

 

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.