Hawker Hunter Embraer RIAT
O Hunter T.72 quando ainda pertencia à Embraer e usava o registro PP-XHH. Foto: Rubens Fo via Scramble Magazine.

Um clássico caça britânico Hawker Hunter que um dia pertenceu à Embraer está entre as dezenas de aeronaves militares expostas no Royal International Air Tattoo (RIAT). A própria Embraer está participando do tradicional show aéreo realizado no Reino Unido, com o KC-390 da Força Aérea Brasileira e um A-29B Super Tucano. 

O avião é um Hunter T.72 de dois assentos, que por 17 anos foi usado pela Embraer com o prefixo PP-XHH. A aeronave servia à companhia brasileira como avião-paquera (chase plane), acompanhando aviões fabricados pela Embraer em voos de teste.

A aeronave chegou à base RAF Fairford, onde ocorre o evento, na sexta-feira (15). O Hunter, no entanto, não fará apresentações em voo: o caça fabricado em 1955 vai permanecer em exposição estática, representando sua atual proprietária, a Hawker Hunter Aviation Ltd. (HHA).

A aeronave era sediada nas instalações da Embraer em Gavião Peixoto (SP). 

A Embraer comprou o Hunter em 2001, quando ainda pertencia à Força Aérea Chilena. O avião esteve em serviço naquele país entre de 1971 até meados de 1995, quando foi aposentado e estocado.

Em 2018, a Embraer disse adeus ao seu Hunter. O jato britânico foi vendido para a HHA, uma companhia britânica que fornece serviços de treinamento de combate aéreo, reboque de alvos aéreos, simulação de ameaças e suporte.

Embraer E175 PP-XJD

Hoje, o antigo PP-XHH ostenta a matrícula militar XE688, mas permanece com a antiga pintura usada nos seus tempos de Embraer, com a logomarca estilizada da companhia na cauda. As marcas brasileiras dividem espaço com o cocar da RAF, identificando que o avião voltou a ser usado no seu país de origem. 

Detalhes do avião

O Hawker Hunter é um caça desenvolvido pela Hawker Aircraft da Inglaterra entre as décadas de 1940 e 50. A aeronave possui um turbojato Rolls-Royce Avon e, dependendo da variante, pode ultrapassar os 1000 km/h, podendo atingir velocidades supersônicas em mergulho. Além disso, possui quatro canhões ADEN de 30mm e capacidade para transportar mais de 3 toneladas de bombas e foguetes. 

Cerca de 1972 caças Hunter foram produzidos desde 1954 e o modelo esteve em operação no Chile, Inglaterra, Suécia, Iraque e outras 18 nações.