SU-27 Flanker- Foto: Fedor Leukhin via Wiki

Um caça SU-27 russo interceptou ontem, (17) dois aviões da Marinha dos EUA e da Força Aérea Sueca sobre águas internacionais do Mar do Báltico.

O SU-27 acompanhou as aeronaves e as identificou sendo dois P-8 Poseidon (aeronave de patrulha marítima dos EUA) e um jato Gulstream da Suécia que cumpre missões de reconhecimento.

A interceptação seguiu sem maiores problemas e o caça SU-27 retornou a sua base após as aeronaves interceptadas terem se afastado da fronteira russa.

Caça SU-27 da Rússia- Foto: © Marina Lystseva / TASS

De acordo com o comunicado oficial do centro de comando da defesa, a interceptação “ocorreu em estrita conformidade com as regras internacionais de uso do espaço aéreo”.

No entanto, houveram reclamações por parte dos EUA nas condutas de outras interceptações russas contra aeronaves norte-americanas. Os militares dos EUA chegaram a classificar tais interceptações como “insegura e pouco profissional”.

Todavia, as reclamações também partiram do lado russo, que enxergam os voos dos EUA e de seus aliados como provocativos.

DEIXE UMA RESPOSTA