Michael O’Leary Ryanair
Michael O’Leary, atual presidente da companhia

Michael O’Leary, presidente executivo da Ryanair, deu uma declaração sobre o possível futuro da companhia estatal portuguesa TAP. A declaração foi dada em entrevista ao Portal ECO de Portugal.

Michael O’Leary disse que o governo de Portugal está reestruturando a companhia aérea para que em breve possa vende-la para a Iberia da Espanha.

Além disso, o executivo da Ryanair afirmou ainda que o país irá realizar grandes investimentos no Aeroporto de Lisboa para estimular a concorrência entre as empresas, como forma de impulsionar a quantidade de voos na cidade.

TAP Air Portugal
Foto: Gabriel Benevides/Aeroflap

“O Governo português quer resgatar a TAP e empacotá-la para a dar a alguém. Uma vez que a TAP esteja vendida à Iberia, então o Governo português vai investir mais aqui”, disse Michael O’Leary.

Em uma entrevista também ao Portal ECO, o ministro das Infraestruturas de Portugal disse ao final de 2021 que haviam três companhias aéreas interessadas em comprar a TAP porém não detalhou quais seriam.

Apesar de não ter sido divulgadas, as empresas seriam fortes grupos de companhias aéreas na Europa sendo a Lufthansa, Air France/KLM e a IAG Group da Iberia e British Airways.

O presidente da Ryanair também fez acusações contra a TAP e contra o governo, que segundo o executivo estariam bloqueando slots no Aeroporto de Lisboa e nada as autoridades estavam buscando soluções.

Segundo Michael, a companhia também parece estar indo ‘pedir’ as autoridades que repasse 18 slots da empresa para a Ryanair.

Tanto o governo português tanto a TAP, ainda não se manifestaram sobre o assunto de slots e venda da companhia.

 

 

Com informações do Portal ECO.