A Cessna recebeu no último dia 20 de dezembro uma certificação provisória (PTC) da FAA (Federal Aviation Administration) para o Citation Longitude, como forma de permitir uma série de treinamentos de tripulação dos clientes, e preparar a aeronave para a primeira entrega no primeiro semestre deste ano de 2019.

O programa de testes de voo Longitude, incluindo testes funcionais e de confiabilidade, está completo. Durante os testes, a aeronave completou mais de 1650 vôos e acumulou mais de 4050 horas de testes em voo.

A produção de longitude também está em andamento nas instalações de fabricação de última geração da Textron Aviation.

O Citation Longitude faz parte de uma nova linha de jatos executivos da Cessna, ele dispõe de um alcance de 6500 km (aproximadamente), e consegue transportar até 12 passageiros, algo que depende da configuração que o cliente optar no momento da encomenda.

A Cessna também destaca a pressurização que mantém uma altitude de 1800 metros mesmo em voo de cruzeiro. O compartimento traseiro de bagagem também é acessível durante todo o voo.

Em tecnologia o jato usa motores Honeywell HTF7700L, que são equipados com FADEC e um sistema de autothrottles integrados ao sistema de Fly-By-Wire da aeronave. Os aviônicos são da linha Garmin G5000, com um HUD GHD 2100, da Garmin, que possibilita operações aprimoradas durante pousos e decolagens.