JetBlue
Foto: JetBlue/Reprodução

O Beacon, plataforma de coordenação de manutenção da EmbraerX para conectar recursos e profissionais para acelerar o retorno de aeronaves às operações, inicia testes com a JetBlue, a sétima maior companhia aérea na América do Norte, com sede em Nova York.

Neste período, o Beacon ajudará a JetBlue a simplificar a coordenação de seus serviços de manutenção e impulsionar a colaboração entre as equipes de manutenção e fornecedores para acelerar o retorno à operação.

“A JetBlue é um parceiro comercial importante para o Beacon devido à escala de sua operação e à sua reputação na indústria”, disse Marco Cesarino, Head do Beacon.

“Trata-se de uma companhia líder do setor, com inovação centrada no ambiente digital e na experiência dos seus passageiros. Estamos entusiasmados pela parceria com a JetBlue e por expandir a atuação do Beacon na América do Norte, aumentando o número de usuários da plataforma e medindo resultados para compartilhar o sucesso com outras operadoras. O objetivo é manter os passageiros sempre voando”.

A integração começará com as bases selecionadas da JetBlue em Nova York e Boston e expandirá gradualmente para outros aeroportos e rotas.

“Estamos empolgados em migrar nossas equipes para uma nova era digital com o Beacon”, disse Alvaro Espinoza, Diretor de Manutenção da JetBlue.

“Há muito tempo esperamos por uma solução que acelere o retorno das aeronaves à operação, auxiliando nossa força de trabalho a ser ainda mais coordenada e reduzindo a complexidade das atividades com as quais costumam lidar, à medida em que aprimoramos a gestão do conhecimento sobre a operação”.

Por meio dessa parceria, a plataforma Beacon continuará expandindo sua presença no mercado comercial, o número de aeronaves atendidas, estações apoiadas e contribuirá com a missão de reduzir o tempo em que as aeronaves permanecem fora de serviço e atrasos para todos os tipos de aeronaves ao redor do mundo.

 

 

Via: EmbraerX