• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

Com aeroporto inundado, avião da Emirates é obrigado a dar meia-volta em voo de 13 horas

Emirates Aeroporto Guarulhos GRU Airport Spotter Day 38 anos avião Lucro
Foto: Gabriel Benevides/Aeroflap

Por conta da situação caótica em que o Aeroporto de Auckland encontra-se por conta das fortes chuvas, centenas de voos foram cancelados, incluindo alguns que estavam em curso: é o caso do voo EK448 entre Dubai (DBX) e Auckland (AKL).

Curiosamente, a tripulação do Airbus A380 de matrícula A6-EVL ao saber da situação em que o Aeroporto de Auckland se encontrava, optou por dar meia-volta 7 horas e meia após a decolagem, encerrando o voo ‘sem destino algum’ após 13 horas e meia.

Ironicamente, o voo ganhou destaque nas redes sociais, inclusive sendo candidato a um dos voos sem destino algum com maior duração já realizado.

Segundo informações da mídia neozelandesa, cerca de 2.000 viajantes ficaram ilhados no Aeroporto de Auckland nas últimas horas por conta do grande volume de água presente no local. Imagens que estão circulando na internet mostram partes do aeroporto debaixo d’água. 

 

Por conta da situação caótica, todos voos no aeroporto foram cancelados, incluindo voos que estavam ocorrendo antes do fechamento do terminal, resultando em desvios para outras cidades.

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.

 


Redator

Apaixonado por aviões e fotografia, sempre estou em busca de curiosidades no universo da aviação.


Contato: [email protected]