Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

South African Airways África do sul
Foto: South African Airways

(Reuters) – Com música, festa e danças com os funcionários no Aeroporto de Johanesburgo, a South African Airways voltou a voar depois de pouco mais de um ano sem realizar voos. A companhia inicialmente está operando apenas voos domésticos.

Devido a crise causada pela pandemia de Covid-19, a empresa deixou de operar voos e entrou em uma profunda crise em setembro de 2020. A South African recebeu um importante aporte financeiro do governo, reestruturou uma parte da empresa e quitou algumas dividas antes de voltar a voar.

Com o reinicio gradativo, a South African realizou apenas voos domésticos saindo de Johanesburgo para Cidade do Cabo. Está previsto na próxima semana iniciar alguns poucos voos internacionais para Kinshasa, Maputo, Lusaka, Accra e Harare. Todas as cidades são do continente africano. 

Enquanto a aeronave decolava para o primeiro voo da empresa depois da paralisação, funcionários cantavam músicas religiosas e dançavam felizes pelo retorno da empresa bandeira do país. 

O futuro da empresa será decidido em breve, com o Governo da África do Sul decidindo vender sua participação de 51% à um consorcio capaz de realizar investimentos necessários para a empresa crescer não amargar prejuízos como nos últimos anos. 

Um Comissário de Bordo disse o quanto se sentia feliz por estar vendo a South African retomando voos. 

“Depois de tantos meses que esperamos por este momento, estou muito animado. Estou na lua. Na verdade, estou emocionado com o fato de que está acontecendo hoje, nunca pensamos que fosse acontecer.” Disse Mapula Ramatswi. 

 

 

Fonte: Reuters

DEIXE UMA RESPOSTA