A319 ACJ Lionel Messi
Foto: Autor Desconhecido

Nos últimos dias um Airbus A319 ACJ, a versão executiva do A319, pousou quase na madrugada de 1º de janeiro no Aeroporto de Fortaleza. A bordo estavam Lionel Messi e sua família, em um voo que decolou de Rosário, na Argentina, onde o jogador de futebol passou o ano novo.

O A319 de matrícula OE-LJG, utilizado por Messi, é de propriedade da empresa de aviação executiva austríaca MJet. Como é comum neste mercado, os usuários podem arrendar um avião por um curto período de tempo, ou comprar pacotes de voos privados.

Foto: Autor Desconhecido

O avião pousou no Aeroporto de Fortaleza às 23h59 do dia 1º de janeiro, e decolou poucas horas depois, às 01h25 do dia seguinte. A pausa foi somente para reabastecimento da aeronave, que cumpriu um voo em seguida de Fortaleza a Paris. Messi e sua família não desembarcaram da aeronave.

O interior, por pertencer à linha “Airbus Corporate Jets”, é equipado com confortáveis poltronas, um quarto completo e até mesmo banheiro com chuveiro quente. Esta versão em específico, de acordo com o site Central Jets, não é equipada com longas mesas de reunião.

Você pode conferir abaixo fotos do interior desta aeronave:

A cabine privativa tem um total de 24 metros de comprimento, com uma largura 3,7 metros. O ponto positivo, em comparação com outros jatos executivos, é a ótima altura da cabine, que diminui a sensação de “avião pequeno”.

Messi ainda contou com uma galley completa, que tem um frigobar, forno elétrico, micro-ondas e compartimentos para transportar comida.

Mesmo fabricado em 2010 e com quase 12 anos de atividade, um Airbus A319 ACJ com este interior tem um preço superior a US$ 40 milhões no mercado, ou na conversão direta do dólar para real, cerca de R$ 228 milhões.

O Airbus A319 ACJ é o mesmo modelo utilizado, por exemplo, pelos presidentes do Brasil desde 2005, e igualmente equipado com um interior personalizado.

VC-1, o A319 ACJ que transporta os presidentes do Brasil. Foto: Johnson Barros/FAB

Uma das vantagens do Airbus A319 ACJ, em comparação com o mesmo avião utilizado pela LATAM Brasil, por exemplo, é uma expansão do alcance de voo da aeronave. Tanques extras de combustível são instalados nos porões dianteiros e traseiros, para ampliar o alcance de 6900 km para 11100 km.

Aqui no Portal Aeroflap já publicamos anteriormente sobre a história de Lewis Hamilton com seu luxuoso jato executivo, que atualmente não é utilizado pelo piloto. Também abordamos sobre o luxuoso Gulfstream G200 de Cristiano Ronaldo (Confira Clicando Aqui).

 

DEIXE UMA RESPOSTA