Boeing 737 MAX
Foto: Boeing

Mais um país vai autorizar o Boeing 737 MAX a retomar suas operações com voos regulares de passageiros, a Coréia do Sul vai se juntar aos países onde o modelo pode realizar voos com as novas atualizações.

A decisão chega após intensas verificações e testes com a aeronave para certificar que não há mais nenhum problema, a partir de segunda-feira (22), o 737 MAX está autorizado a voar novamente pelo país sem restrições. Assim como em outros países, está sendo implementado na Coréia do Sul novos procedimentos para treinamento de pilotos para o modelo.

Além disso, o Ministério de Terras, Infraestrutura e Transporte do país está instruindo as companhias aéreas como realizar a todos os procedimentos para reativar as aeronaves e também instruindo sobre quais os tipos de treinamento os pilotos irão realizar a partir de agora.

A Eastar Jet é a única empresa da Coréia a utilizar o Boeing 737 MAX no momento, porém a companhia aérea está com seu Certificado de Operador Aéreo suspenso desde meados de 2020. A expectativa é de que em janeiro de 2022, a Eastar receberá sua nova certificação e poderá voar novamente.

Com a nova certificação para o modelo, a Boeing deverá retomar as entregas para as companhias aéreas da Coréia do Sul, a Eastar possui dois aviões em sua frota e a Jeju Air ainda não recebeu nenhum exemplar. 

Agora a China será o único país e um dos maiores mercados do 737 MAX a não autorizar a retomada das operações com o modelo. Entretanto, segundo a Reuters, o país tem se mostrado satisfeito com o desempenho do avião com as novas atualizações e também com os novos treinamentos para os pilotos.

O Boeing 737 MAX recebeu um pacote de melhorias e atualizações há cerca de um ano, depois de 20 meses realizando diversos voos de teste. Segundo dados, somente no mês de novembro a aeronave realizou 19 mil decolagens e pousos em diversas partes do mundo. A GOL foi a primeira companhia aérea a retomar os voos com o modelo em dezembro de 2020, seguida pela Copa, AeroMéxico e American Airlines nas semanas seguintes. 

DEIXE UMA RESPOSTA