Dassault Falcon 10X
Imagem: Dassault

A Dassault Aviation anunciou hoje um novo jato Falcon 10X que oferecerá um nível de conforto, versatilidade e tecnologia inigualáveis por qualquer jato executivo.

Com um alcance de 7.500 milhas náuticas, o Falcon 10X voará sem escalas de São Paulo a qualquer lugar da Europa, São Paulo a Dubai e até mesmo a Auckland, na Nova Zelândia, de Nova York a Xangai, de Los Angeles a Sydney, de Hong Kong a Nova York ou de Paris a Santiago. A velocidade máxima será Mach 0,925.

“Hoje estamos apresentando uma nova referência na aviação executiva”, disse o presidente e CEO da Dassault, Eric Trappier.

“O Falcon 10X oferecerá uma experiência incomparável ao passageiro em voos de curta e longa duração, juntamente com recursos de segurança inovadores da tecnologia de caça de linha de frente da Dassault. Otimizamos todos os aspectos da aeronave com o passageiro em mente e estabelecemos um novo nível de capacidade para aeronaves de ultralongo alcance.”

O Falcon 10X entrará em serviço no final de 2025.

Levando a modularidade da cabine a um nível sem precedentes

O 10X terá a maior e mais confortável cabine do mercado e oferecerá maior modularidade do que qualquer outra aeronave de sua classe, com uma seleção de várias configurações de interior.

O 10X é grande o suficiente para acomodar quatro zonas de cabine de igual comprimento, mas os proprietários podem configurar sua cabine para criar um interior verdadeiramente personalizado, incluindo, por exemplo, uma área de jantar / conferência expandida, uma área de entretenimento dedicada com um monitor de tela grande, um cabine com cama queen-size completa ou suíte master ampliada com box privativo.

“O 10X será mais do que apenas mais um grande passo a frente na aviação executiva. Será com certeza o melhor jato executivo disponível na categoria de ultralongo alcance e assim permanecerá por muito tempo”, disse Trappier.

O 10X terá uma seção transversal da cabine maior do que alguns jatos regionais. Sua cabine terá 2,03 m de altura e 2,77m de largura. Isso o tornará quase 8 polegadas (20 cm) mais largo e 2 polegadas (5 cm) mais alto do que o jato executivo mais largo e mais alto construído para esse fim em operação atualmente.

A pressurização também será a melhor do mercado, com passageiros experimentando altitude de pressão de 3.000 pés na cabine enquanto voam a 41.000 pés. Um sistema de filtragem de última geração fornecerá ar 100% puro. A aeronave será pelo menos tão silenciosa quanto o Falcon 8X, atualmente o jato executivo mais silencioso em serviço.

Novas estruturas, novos materiais, energia ultraeficiente

O 10X contará com uma fuselagem inteiramente nova com janelas extragrandes – quase 50% maiores do que as do Falcon 8X. Trinta e oito janelas alinharão a fuselagem, tornando a cabine a mais iluminada da aviação executiva.

A asa de alta velocidade será feita de material composto de fibra de carbono, para máxima resistência, peso reduzido e arrasto mínimo. Adaptada para velocidade e eficiência com coeficiente de sustentação bastante elevado, será equipado com dispositivos hipersustentadores oferecendo uma maior manobrabilidade, em baixas velocidades de aproximação.

Imagem: Dassault

O jato bimotor será movido pelo motor mais avançado e eficiente da aviação executiva, o Rolls Royce Pearl 10X em desenvolvimento. O 10X é a versão mais recente, maior e mais poderosa da série Pearl, oferecendo mais de 18.000 libras de empuxo.

Um grande avanço na tecnologia da cabine de comando

A cabine de comando do Falcon 10X estabelecerá um novo padrão em design intuitivo, com telas sensíveis ao toque em toda a cabine. Um Sistema de Controle de Voo Digital de última geração, derivado diretamente da mais recente tecnologia militar da Dassault, fornecerá um nível sem precedentes de precisão e proteção de voo, incluindo um novo e revolucionário botão de modo de recuperação.

Imagem: Dassault

Um único acelerador inteligente servirá como o controle de potência principal, conectando os dois motores ao Sistema de Controle de Voo Digital que irá gerenciar automaticamente a potência de cada motor, conforme necessário em diferentes cenários de voo.

Graças ao inovador sistema de visão combinada FalconEye da Dassault – o primeiro a oferecer recursos de visão aprimorados e sintéticos – combinado com HUDs duplos capazes de servir como monitores de voo primários, o 10X será capaz de operar em condições de teto / visibilidade zero.

“Estabelecemos o padrão de nosso novo Falcon incrivelmente alto”, disse Trappier. “Mas posso dizer com segurança que colocamos esta aeronave no topo do mercado.”

 

Via: Dassault