Eastern Airlines

A companhia norte-americana Eastern deu um grande passo rumo a sua expansão, agora com 35 novos Boeings 777F, a empresa pretende explorar o mercado de cargas aéreas. Aproveitando do aumento no volume de cargas, a companhia enxergou uma grande oportunidade.

Os novos Boeings 777F não serão cargueiros originais, eles serão uma encomenda de conversão de passageiros para carga. Para operar as novas aeronaves, a companhia vai lançar uma subsidiária chamada Eastern Air Cargo. Os primeiros aviões convertidos deverão ser entregues durante o primeiro trimestre do próximo ano.

“Estamos entusiasmados em oferecer este serviço aos clientes que têm lutado para encontrar capacidade no mercado de carga e oferecer uma solução de aeronave ágil para atender às necessidades dos clientes … Nosso método de conversão pioneiro é adaptado especificamente para atender às necessidades dos clientes de frete expresso.

“É mais eficiente e econômico, permitindo-nos atender melhor às necessidades exatas de nossos clientes a um preço competitivo.” Disse Steve Harfst, CEO da Eastern

O mercado do transporte de cargas tem crescido constantemente e houve uma impulsão devido a pandemia de Covid-19. Com o começo mais restrito, as compras online cresceram e com isso precisou-se adaptar o transporte dessas mercadorias. Converter algumas aeronaves temporariamente foi uma forma das empresas conseguirem um fluxo maior de caixa com a baixa demanda de viagens.

Com isso, as fabricantes também estão buscando se adequar a crescendo demanda pelo transporte de cargas. A Boeing em parceria com a GECAS deverá apresentar o primeiro 777-300ER convertido em cargueiro no próximo ano. 

DEIXE UMA RESPOSTA