Efromovich volta, e agora quer comprar a Avianca e a Alitalia

Foto - EFE

German Efromovich, conhecido por gerir durante anos a Avianca Holdings e a Avianca Brasil, voltou aos holofotes nesta última semana. Desta vez, Efromovich está reiterando um compromisso de investir na Avianca Holding, e na Alitalia.

As duas companhias de interesse de Efromovich estão com dificuldades financeiras, e no caso da Avianca, a empresa está em Recuperação Judicial. E agora o foco de Efromovich é trabalhar com seu “grupo de investidores”, para restaurar essas duas companhias aéreas.

Pelo menos é isso que Efromovich disse para o Jornal La Republica, em entrevista. 

Na entrevista Efromovich deixou a entender que quer quitar um empréstimo de US$ 450 milhões com a United, mas relata que não tem dinheiro para tal. Como solução, o empresário quer juntar um grupo de investidores para voltar a controlar a Avianca.

“Como vou abandonar minha Colômbia e a Avianca, na qual ainda estamos interessados? Estamos olhando para os procedimentos do Chapter 11 que eles estão conduzindo e, no momento certo, se houver oportunidade, estaremos na trincheira, não permitindo que o que construímos nos últimos 15 anos desapareça”, declarou German Efromovich.

Do outro lado, Efromovich ainda demonstra interesse pela Alitalia, e diz que está disposto a participar de um processo de “privatização” da empresa no futuro. Neste caso, ele também conseguiria o controle da empresa através de um grupo de investimentos.

Anteriormente, quando ainda comandava a Avianca Holding e a Avianca Brasil, Efromovich declarou que tinha interesse no processo de privatização da TAP, uma companhia aérea de Portugal. E agora ele quer novamente integrar companhias da América Latina e da Europa, mas com essa nova aposta, e mantendo o Brasil fora do radar.


 

DEIXE UMA RESPOSTA