Switchblade Drone Kamikaze Estados Unidos
Foto: AeroVironment

Os Estados Unidos anunciaram hoje (21/04) mais um pacote de ajuda militar de US$ 800 milhões para a Ucrânia. Na semana passada o país norte-americano também liberou um pacote semelhante em valor, mas com armas distintas.

De acordo com o Departamento de Defesa dos EUA, o pacote inclui equipamentos que ajudam a Ucrânia atualmente. O órgão cita a recente ofensiva iniciada na região de Donbass pelos russos.

Os seguintes equipamentos são fornecidos nesse pacote:

  • 72 Obuses de 155 mm e 144.000 munições de artilharia;
  • 72 Veículos Táticos para rebocar Obuses de 155mm;
  • Mais de 121 aeronaves não tripuladas táticas Phoenix Ghost; e
  • Equipamentos de campo e peças de reposição.

Este pacote, juntamente com os 18 obuses de 155 mm anunciados em 13 de abril, fornece sistemas de artilharia suficientes para equipar cinco batalhões. 

Destaque para os drones Phoenic Ghost, esta é a primeira vez que os Estados Unidos enviam esse equipamento para a Ucrânia. O Phoenix Ghost se integrará aos Switchblades em ataques Kamikaze, pela sua capacidade de voar mais longe (39 quilômetros) e perfurar carros blindados.

Contudo, os drones ainda não estão disponíveis, e são uma novidade na defesa dos EUA. Para contornar esse problema, o desenvolvimento será realizado rapidamente pela Aevex Aerospace. 

Os Estados Unidos já comprometeram mais de US$ 4 bilhões em assistência de segurança à Ucrânia desde o início do governo Biden, incluindo aproximadamente US$ 3,4 bilhões desde o início da invasão não provocada da Rússia em 24 de fevereiro.

 

Pacote de ajuda financeira

Além de reforçar a resistência da Ucrânia no campo de batalha, os Estados Unidos também disseram estão demonstrando seu apoio ao povo da Ucrânia.

“Hoje, os Estados Unidos estão anunciando que pretendemos fornecer US$ 500 milhões adicionais em assistência econômica direta ao governo ucraniano”, disse o presidente Joe Biden. “Isso eleva nosso apoio econômico total à Ucrânia para US$ 1 bilhão nos últimos dois meses. É dinheiro que o governo pode [usar] para ajudar a estabilizar sua economia, apoiar comunidades que foram devastadas pelo ataque russo e pagar aos bravos trabalhadores. que continuam a fornecer serviços essenciais ao povo da Ucrânia”.

O novo programa humanitário complementará as vias legais existentes disponíveis para os ucranianos, incluindo vistos de imigrantes e processamento de refugiados, disse o presidente dos Estados Unidos.