A Embraer concluiu o processo de certificação do Praetor 600, e agora se aproxima para conseguir a certificação da aeronave no Brasil e nos Estados Unidos.

De acordo com a Embraer, a aeronave registrou 440 horas de voo, e 372 ciclos, durante o processo de certificação que ocorreu a partir do seu centro de engenharia em Gavião Peixoto.

Dois protótipos participaram do processo de certificação, eles foram modificados a partir de aeronaves Legacy 500.

Agora a empresa iniciou um processo chamado de campanha de maturidade, com mais 50 horas de testes. Vale ressaltar que a empresa já cumpriu 30 horas de testes nesta etapa.

A Embraer espera receber o certificado da aeronave em breve, e entregar o primeiro avião no 3º trimestre de 2019.

Com quatro passageiros e reservas NBAA IFR, o Praetor 600 terá um alcance intercontinental de 3900 milhas náuticas (7223 km) e o Praetor 500 irá liderar a classe de porte médio com um alcance continental de 3250 milhas náuticas (6019 km). Esses aviões apresentam uma significativa alteração de alcance em relação aos aviões da linha Legacy 450 e 500.

O avião é equipado com a mesma tecnologia Full Fly-by-Wire da linha Legacy 450/500, e redução ativa de turbulência. A pressurização da cabine é realizada para ser similar à pressão do ar na altitude de 1700 metros, independente do nível de cruzeiro.

 

Veja mais em:

Diferenças entre o Embraer Legacy e o novo Praetor