Foto: Airbus

Já pensou em ter uma parte de um Airbus A380 que já operou pela Emirates na sua casa? Servindo como uma decoração ou até mesmo apoio. A companhia aérea com sede em Dubai anunciou que irá reciclar parte do seu primeiro ‘superjumbo’ e disponibilizando para venda suas partes.

A Emirates irá transformar partes do seu antigo ‘superjumbo’ em móveis para serem vendidas, todo o valor arrecadado será destinado à caridade. Com quase 14 anos destinados a operar somente pela Emirates, o A6-EDA foi entregue para a empresa em 2008, se tornando o primeiro A380 a ser operado pela companhia.

Ao todo esta aeronave realizou cerca de 49.632 horas de voo, totalizando 6.319 voos em 62 aeroportos no mundo todo. Atualmente seu valor no mercado está estimado em US$ 30,94 milhões, seu último voo de receita com passageiros foi em março de 2020, justamente o começo da pandemia de Covid-19.

Foto: Emirates

Com a retirada do A6-EDA da frota da Emirates, a aeronave foi repassada e entregue a Falcon Aircraft Recycling, uma empresa especializada em transformar partes de uma aeronave em peças e móveis. Cerca de 190 toneladas de materiais serão retirados do A380 para serem transformados.

“Por meio dessa iniciativa, nossos clientes e fãs podem levar para casa um pedaço da história da aviação enquanto economizam materiais valiosos de aterros e contribuem para uma causa de caridade por meio da Emirates Airline Foundation. É uma solução de aposentadoria elegante e adequada para esta aeronave icônica e nosso carro-chefe.” Disse Tim Clark, CEO da Emirates.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA