A Emirates, conhecida como a operadora número 1 do maior avião do mundo, já anunciou um plano para iniciar a aposentadoria do Airbus A380 a partir de 2028, mas até então a empresa não anunciou quando o último avião sairia da frota.

De acordo com Tim Clark, Presidente da Emirates Airlines, a companhia aérea continuará a voar com os A380 até meados de 2030, quando terminará de aposentar todas as aeronaves deste modelo.

Ele disse à Air Transport World: “Continuaremos a investir neles (A380) e a voar até meados de 2030”.

Na Emirates o Airbus A380 será substituído diretamente pelo Boeing 777X. A companhia opera com 110 aviões do modelo A380, e encomendou 115 aviões do modelo 777-9X e 30 do modelo 777-8X.

Ao mesmo tempo Clark indica que algumas rotas da empresa serão operadas pelo A330neo, visto que só há demanda para 250 assentos.

Vale ressaltar que no início deste ano a Emirates firmou um compromisso para encomendar 40 aeronaves A330-900 e 30 aeronaves A350-900, em um acordo com valor total de US$ 21,4 bilhões, quando consideramos o preço de tabela.

Esse contrato foi uma espécie de “compensação financeira” pelo corte na encomenda de aeronaves A380, anunciada também no início de 2019.


Desta forma é possível que em meados de 2030 a frota da Emirates seja composta por três modelos de aeronaves. O Boeing 777-9X, o Airbus A350-900 e o A330-900neo.