Airbus A380 Emirates
Foto: Emirates/Divulgação

A Emirates vai retomar neste próximo domingo (31/10) os voos para São Paulo (Guarulhos) com o maior avião de passageiros do mundo, o Airbus A380.

A aeronave substituirá diretamente o Boeing 777-300ER nos voos EK261 e EK262. O bimotor da Boeing está desde o início da pandemia nos voos entre Dubai e São Paulo, devido a redução da demanda na rota a Emirates diminuiu a aeronave e os voos entre os dois países.

O voo EK 261 parte do Aeroporto Internacional de Dubai com destino à Guarulhos por volta de 02h05 (horário local), chegando às 17h20 em São Paulo. O Airbus A380 retorna à Dubai na madrugada do dia seguinte às 01h25 (horário local), cumprindo o voo EK 262.

Você pode acompanhar a chegada pelo FlightRadar 24 e nas redes sociais do Portal AEROFLAP.

Os voos com o Airbus A380 serão diários, e considerando o plano de expansão da Emirates, a companhia deve manter o avião nesta rota por um longo tempo. Desde 2017 a companhia árabe opera voos regulares com o maior avião de passageiros do mundo no Brasil, operação que só foi interrompida pelas consequências da pandemia, como citado anteriormente.

Airbus A380 - Emirates

Para voar com mais de 500 passageiros a bordo, o Airbus A380 tem 80 metros de envergadura, quase 73 metros de comprimento, e uma altura equivalente a um prédio de 6 andares (24 metros). Esses dados fazem do A380 um ícone da tecnologia do século 21, da capacidade e ambição humana, do tão sonhado “transatlântico” que o fundador da Pan Am sugeriu na década de 60.

Apesar do apelo de mercado, o A380 é uma aeronave de nicho, transporta muitos passageiros, consome bastante combustível e custa muito para adquirir um exemplar deste modelo.

Esses motivos supracitados fizeram o A380 ter uma vida longa de produção, mas com poucas encomendas, foram apenas 274 desde 2000, sendo que 123 destas são da Emirates. Apesar disso a Airbus só espera produzir 251 aeronaves até 2021.

Há alguns anos o Aeroporto de Guarulhos recebeu diversas adaptações para conseguir operar o A380, a pista de pouso e decolagem foi alargada para 60 metros, ante 45 metros, as taxiways também receberam uma ampliação de largura e o Terminal 3 do aeroporto já foi construído pensando nas operações da aeronave. 

As cidades de Amsterdã, Johanesburgo, Hamburgo, São Paulo, Madrid e Milão também irão receber o maior avião de passageiros do mundo todos os dias a partir de domingo, exceto a cidade italiana. Com as novas rotas, o Airbus A380 passará a atender 25 cidades a partir de Dubai. 

DEIXE UMA RESPOSTA