O Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) realizou o transporte do motor do helicóptero Bell 206B.

A perícia do componente será realizada pela IAS (Indústria de Aviação e Serviços), localizada em São José da Lapa, perto de Belo Horizonte. O Cenipa afirmou que a empresa é a única do Brasil que pode dar um parecer sobre o motor.

O Cenipa vai conduzir a investigação, e os dados encaminhados pela IAS serão incorporados no relatório do acidente.

O helicóptero envolvido foi fabricado em 1975, e tinha capacidade para quatro passageiros e um piloto. A empresa dona do equipamento não estava autorizada a fazer o transporte de pessoas no estilo taxi-aéreo.

 

Jornalista Ricardo Boechat morre em acidente de helicóptero