Este é o novo conceito da EFW para levar carga em cabine de passageiros

A pandemia trouxe algumas mudanças para o mercado de aviação, algumas das quais podem ser permanentes no futuro. Uma dessas é o novo produto da EFW, que transforma rapidamente um avião de passageiros em uma aeronave cargueira.

Neste novo conceito temos pallets que são fechados, e com a mesma largura de uma fileira de passageiros. O sistema para prender os pallets na cabine aproveita os ganchos que prendem os assentos, aumentando ainda mais a facilidade de adaptação.

Cada pallet do Cabin Cargo Box tem um tamanho de um metro de comprimento e largura, por um metro e meio de altura. A carga máxima por pallet é de 200 kg, para um peso do componente de apenas 28 kg.

Apesar do pequeno tamanho, este possibilita que o pallet seja embarcado sem precisar de maiores adaptações, ele “passa” tranquilamente na porta de uma aeronave comum. 

Considerando um Airbus A330, é possível levar até 19 toneladas através desses pallets, com um volume total de 145 m³. Outro ponto, é que esse sistema pode ser ideal para transportar pequenas caixas em voos normais com passageiros, ajudando a atender a demanda do e-commerce, que está crescendo.

Com essa solução as companhias podem ter uma maneira efetiva de levar cargas de pequeno porte a bordo de suas aeronaves de passageiros. Tudo isso sem precisar de soluções alternativas para transportar a carga dentro do avião.

As companhias podem futuramente aproveitar a baixa demanda de alguns voos internacionais para retirar assentos, mantendo a frequência de voos, mas pagando parte desse “público” deficitário com a carga a bordo.

A primeira certificação, a ser emitida via EASA, deve autorizar o uso sem passageiros. Mas há um projeto para fazer aplicações como em aviões QC (Quick Change) ou Combi, para transportar passageiros e cargas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA