Pedras apreendidas pela Polícia Federal. Foto: PF/Divulgação.

Na última sexta-feira (05), no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão, a Polícia Federal realizou a prisão em flagrante de uma brasileira, de 59 anos, ex-tripulante de companhia aérea, que voltava de Miami com pedras preciosas que estavam presas ao seu corpo. 

Após perícia, o material foi identificado como rubis e safiras. As pedras serão submetidas a laudo definitivo para apurar a totalidade do valor, afirma a PF.

Pedras apreendidas pela Polícia Federal. Foto: PF/Divulgação.
Pedras apreendidas pela Polícia Federal. Foto: PF/Divulgação.

A passageira alegou ter recebido uma certa quantia em dólares para trazer as pedras preciosas dos Estados Unidos para o Brasil. Ela deverá responder pelo crime de contrabando, previsto no artigo 334-A do Código Penal, cuja pena pode chegar até 5 anos de prisão.