F-18 da Força Aérea da Finlândia- Foto Finland Airforce

A Força Aérea da Finlândia irá iniciar a última etapa do programa HX, que visa a aquisição de novos caças para o país nórdico europeu.

Esta etapa é um “evento de teste e verificação para candidatos a HX” descreveu a gerente finlandesa do programa de ministério da defesa Lauri Puranen. Com isso, toda uma análise será feita nos caças concorrentes.

.Revo em caça Eurofighter Typhoon-Foto: RAF

O primeiro da lista será o Eurofighter Typhoon, os testes com o caça acontecerão no Reino Unido, entre 09 e 17 de janeiro.

Os demais caças também já tem dadas pré-definidas como o Dassault Rafale (20 a 28 de janeiro), Saab Gripen E (29 de janeiro a 6 de fevereiro), Lockheed Martin F-35A (7-17 de fevereiro) e F / A-18E / F-18 Super Hornet da Boeing (18 a 26 de fevereiro).

“O ambiente operacional finlandês e os métodos operacionais podem diferir das condições climáticas e de iluminação de outros usuários”, observa Puranen. “As condições de inverno afetam a operação do caça multifuncional e, especialmente, o desempenho dos sistemas eletro-ópticos, mas possivelmente outros sistemas ativos e passivos também.”

F-35A do VT ANG, faz seu primeiro voo- Foto: VT ANG

Uma outra atividade de avaliação a ser realizada no final deste ano “analisará a eficácia operacional do sistema HX de cada candidato, simulando um jogo de guerra de longa duração [como] parte do sistema de defesa finlandês”, diz Puranen.

Dassault Rafale/ Foto- Dassault Aviation

Os planos é que até 2021 uma das aeronaves concorrentes seja escolhida para assim poder substituir os aviões de combate F/A-18C D, mas estes ainda deverão ficar na ativa até 2030, aposentando assim os atuais 62 exemplares do Hornet.

 

DEIXE UMA RESPOSTA