GOL Boeing 737 MAX Cancun
Foto: Gabriel Melo

A GOL Linhas Aéreas opera voos semanais a partir de seu hub no Aeroporto Internacional de Brasília para Cancún no México.

Essa é uma das apostas da aérea brasileira na retomada dos voos para o exterior, neste artigo você vai conferir a experiência com o serviço da GOL em voo internacional feita pela Maria Luísa.

Siga a Maria Luísa em seu Instagram com dicas de viagens e experiências.

O voo

O voo da GOL para Cancún no México é feito exclusivamente com o Boeing 737 MAX 8 com capacidade para 186 passageiros em configuração de duas classes de serviço, a GOL Premium e a Econômica. No dia 19 de janeiro a aeronave escalada foi o PR-XMG.

O embarque foi realizado pelo portão A do Internacional de Brasília que é conectado também ao Pier Norte e Central do terminal. O embarque ocorreu sem problemas e bem tranquilo, na aeronave me posicionei no assento 3A na Classe Premium da GOL.

Boeing 737 MAX 8 GOL
Foto: Pedro Viana

O voo G3 7734 decolou por volta das 9h43, com um atraso de 23 minutos em relação ao horário previsto, o comandante justificou por conta do tráfego aéreo em Brasília.

Mesmo com atraso, os pilotos conseguiram compensar em rota voando a uma altitude de 36 mil pés. O pouso em Cancún foi realizado às 15h09, chegando com alguns minutos de antecedência ao horário previsto.

O Boeing 737 MAX 8 de matrícula PR-XMG foi o último avião do tipo entregue à GOL antes da suspensão de voos com o 737 MAX, tendo sido entregue em janeiro de 2019. 

 

Premium Economy GOL

A Premium Economy da GOL é oferecida nos voos internacionais da empresa, utilizando os mesmos assentos da GOL+ Conforto que tem como destaque o maior espaço entre as fileiras em relação as outras fileiras.

GOL Boeing 737 MAX 8 Cancun
Foto: Maria Luísa
GOL Boeing 737 MAX 8 Cancun Brasília
Foto: Maria Luísa

Além disso, a Premium Economy da GOL em voo internacional oferece embarque prioritário, 50% mais de reclinação do assento além de poder travar o assento do meio para mais privacidade e conforto durante o voo segundo a companhia.  

Quando entramos dentro da aeronave já estava a coberta, travesseiro e em cima uma garrafinha de água que é o kit conforto oferecido. A nécessaire foi entregue logo após a decolagem, por volta de 10 horas.

GOL Boeing 737 MAX 8 Cancun
Foto: Maria Luísa

Em seguida começaram a servir espumante, água e suco de laranja no Welcome Drink. Por volta das 10h45, algum tempo após da decolagem, entregaram os formulários de imigração do México para serem preenchidos.

A primeira refeição foi o almoço que começaram a servir em torno de 11h40, mas consegui comer por volta de comer 12h17 devido a uma turbulência e serviço de bordo precisou ser suspendo.

Para o almoço havia duas opções: Nhoque de mandioquinha (vegetariano) e filé de frango com risoto e batatas assadas.

Nas duas opções tinha o acompanhamento de salada e a sobremesa era um mousse de maracujá. Também foi servido bebidas (suco de laranja ou maçã, refrigerantes como Coca-Cola normal e zero ou vinho).

GOL Boeing 737 MAX 8 Cancun
Foto: Maria Luísa
GOL Boeing 737 MAX 8 Cancun
Foto: Maria Luísa

Após a refeição e o voo mais tranquilo, foi a hora de tirar um cochilo. Após o bom cochilo, foi servido um lanche por volta das 13h50, após aproximadamente quatro horas de voo.

Foi servido um sanduíche com peito de peru e também tinha opção vegetariana só com o queijo, e as bebidas padrão (suco de maçã, suco de laranja, Coca-Cola normal ou zero e café). Foi a última refeição servida antes de pousar em Cancún.

GOL Boeing 737 MAX 8 Cancun
Foto: Maria Luísa

Considerações e avaliação

Opinião sobre os assentos: “Confesso que não vi tanta diferença entre o assento premium em si para o assento padrão econômico, apesar dele ser um pouco mais largo e reclinar um pouco mais, para mim a grande diferença foi a garantia do assento do meio livre, isso deixa a gente mais a vontade e ganha um espaço mais significativo, tanto para quem está no corredor para o passageiro da janela.”

GOL Boeing 737 MAX 8 Cancun
Foto: Maria Luísa

Opinião sobre voar com a GOL: “Gostei muito do atendimento na hora do Check-in da GOL, bastante claro as informações e passar na Polícia Federal em Brasília foi bem tranquilo. O fato de ser um voo direto ajuda demais, para Cancún é uma ótima opção.”

“Já na aeronave, o atendimento dos comissários também foi excelente, facilita por serem brasileiros; a comida muito saborosa, mas para não dizer que tudo é perfeito, eu acho que para quem já viajou com outras companhias aéreas internacionais vai sentir falta com certeza do entretenimento a bordo, uma tela faz falta. Por mais que digam que tem entretenimento pelo Wi-Fi no aparelho próprio, não é a mesma coisa e no meu voo de volta nem estava disponível.”

“Então confesso que senti falta, além também do tamanho do avião ser padrão de voo doméstico, não ter uma classe executiva com poltronas mais diferenciadas como em outras companhias em voos internacionais, também é um ponto a menos na minha concepção.”

“Acredito que esses dois pontos talvez não façam tanta falta em voos América do Sul que são de menor duração, mas os que tem mais de 5 horas como Cancún, Miami, a GOL fica devendo nessa parte a meu ver.”

Foto Maria Luíza Terminal
Maria Luísa (Na foto)

 

*Artigo escrito por Maria Luísa sob supervisão de Gabriel Melo.