Caracal. Foto: Airbus/Divulgação.

A França adquiriu mais oito helicópteros H225M Caracal para a Força Aeroespacial e um segundo protótipo do veículo aéreo não-tripulado VSR700 que será operado pela Marinha.

O pedido anunciado pela Ministra das Forças Armadas da França, Florence Parly, faz parte de um plano de estímulo para apoiar a indústria aeronáutica nacional anunciado pelo governo francês em 2020. O plano também inclui um pedido de dois H145s para o Sécurité Civile e 10 H160s para a Gendarmerie Nationale francesa.

“Estamos muito gratos ao governo francês por seu apoio à indústria aeronáutica por meio do plano de estímulo. Esta é uma situação ganha-ganha, pois a aeronave atende a uma necessidade operacional real das forças armadas francesas e este pedido permite que a Airbus Helicopters garanta empregos e habilidades essenciais a médio prazo”, disse Bruno Even, CEO da Airbus Helicopters.

Helicópteros H225M Caracal franceses. Foto Airbus/Divulgação.

“As forças armadas francesas estão enfrentando desafios crescentes e variados e estou confiante de que o H225M, graças ao seu excelente alcance e capacidade multifuncional, será um ativo eficiente e confiável que irá aprimorar suas operações no país e no exterior. O VSR700 também é um programa crucial. Ele fornecerá à Marinha Francesa uma plataforma autônoma altamente capaz e abrirá o caminho para futuros sistemas não tripulados dentro do portfólio da Airbus Helicopters.”

Como o resto da indústria aeronáutica, a indústria de helicópteros foi afetada pela pandemia Covid-19. 2020 viu o mercado mundial diminuir em 50%. O apoio do governo francês ajudará a garantir 960 empregos durante os próximos três anos para a Airbus Helicopters e seus fornecedores.

Segundo a Airbus, os contratos beneficiarão a indústria de helicópteros como um todo, incluindo outros fornecedores aeroespaciais franceses importantes, como Safran Helicopters Engines com os motores Makila 2A do H225M, Safran Power Units com a unidade de energia auxiliar Saphir 20, Safran Electronic Defense com o sistema eletro-óptico Euroflir 410M NG e o sistema de navegação inercial Sigma, e Thales com o rádio VUHF TRA6034 e o transponder IFF TSC4000. 

Porém, com mais de 300 fornecedores franceses de nível 1 envolvidos na cadeia de suprimentos da H225M, o contrato também beneficiará uma variedade de pequenas e médias empresas. O VSR700 é baseado no helicóptero leve Cabri G2 construído pela SME Hélicoptères Guimbal local.

VSR700 durante se primeiro voo em 2019. Foto: Airbus/Divulgação.

As primeiras entregas dos H225Ms estão planejadas para começar em 2024 e atenderão às necessidades operacionais da Força Aérea e Espacial e à tão esperada substituição da frota da Puma.

Graças a uma configuração modular e versátil que permite a integração de diversos equipamentos, a aeronave será dedicada a uma ampla gama de missões militares incluindo combate / busca e resgate, evacuação médica, apoio à população em tempos de crise e treinamento tático. 

Enquanto estiverem baseados na base de Cazaux da Força Aérea e Espacial, no sudoeste da França, os helicópteros serão implantados em todo o país e também apoiarão as operações das forças armadas francesas no exterior.

Via Airbus