Airbus A350 French Bee

No mercado de aviação conhecemos alguns grandes aviões que podem levar 400, 500, ou até mesmo 600 passageiros. No entanto, o Airbus A380 e o Boeing 747-8i costumam contar com várias classes, em diversos níveis de conforto.

O Airbus A350-1000 está entre os maiores aviões do mundo, e uma companhia aérea especializada em fretamento está de olho nisso. A French Bee declarou que neste ano deve receber dois aviões A350-1000, completando a sua frota de aviões A350XWB.

Os aviões estarão equipados com uma configuração de classe única, totalmente na Econômica, e com 488 assentos. É uma filosofia semelhante aos atuais A350-900 da French Bee.

Há alguns motivos especiais para a French Bee optar por uma configuração com muitos assentos a mais, em comparação com outras empresas.

Quando não está arrendando seus voos para voos fretados, a French Bee aposta em voos intercontinentais de baixo custo. Ao colocar mais assentos no interior a companhia pode diminuir o custo por passageiro, e consequentemente o preço da passagem aérea.

Por este motivo a Ryanair optou por uma configuração incomum no 737 MAX 8, com 197 assentos. É a única companhia a operar o 737 MAX 200, essa versão especial criada para levar quase 200 passageiros.

E isso funciona! É possível encontrar voos entre Nova York e Paris, operados pela French Bee, a partir de 129 euros, um valor abaixo do mercado para esta rota.

Se você deseja mais espaço para as pernas, a companhia oferece uma pequena classe Economy Premium com mais espaço para as pernas.