GlobalX anuncia intenção de encomendar 10 aviões Airbus A321 de carga

Airbus A321 GlobalX

A Global Crossing Airlines, uma empresa aérea de carga que deve iniciar as suas operações em meados de 2021, assinou uma intenção de compra para arrendar e converter 10 aviões Airbus A321 em cargueiros.

A companhia espera iniciar as suas operações no 3º trimestre de 2021, utilizando aviões convertidos pela Joint-Venture St Engineering e EFW, a primeira empresa que ofereceu essa opção para o A321ceo.

O contrato desses aviões são negociados com a Vallair, que deve fornecer as aeronaves para a Global Crossing.

A conversão P2F dá capacidade para o Airbus A321 transportar 14 pallets de carga no deck principal, e mais 10 nos porões da aeronave. O peso máximo suportado pelo A321P2F é de 27,6 toneladas, nessa condição a autonomia máxima é de 3700 km, ideal para rotas de curta distância.

A conversão incorpora uma porta de carga principal extra grande, que é acionada hidraulicamente e trancada eletricamente. Além disso, o A321 P2F tem um piso reforçado, novos painéis de piso para operações de carga, com novo acabamento interno.

A cabine de comando foi reformulada, e une o cockpit com assentos e banheiro. O compartimento de carga é da classe E e está equipado com uma barreira rígida que suporta 9g, na separação do cockpit, com uma porta deslizante.

A Global Crossing Airlines, que tem sede em Miami, também opera com a marca GlobalX,  está planejando começar como uma operadora de wet-lease e charter com aviões da família A320.


O braço de cargas é um dos propostos pela GlobalX para iniciar as suas operações. A frota deverá ter 10 cargueiros A321ceo já em 2023.

 

DEIXE UMA RESPOSTA