VC-2 e ao fundo um VC-99,. Aeronaves que compõe o GTE (Grupo de Transporte Especial)

O governo federal irá usar aviões da FAB para buscar cidadãos brasileiros que estão no exterior, e atualmente impedidos de sair destes países devido às preocupações com o COVID-19.

A missão de resgate dos brasileiros já começou. Na manhã desta terça-feira (24), dois aviões de transporte C-130 Hércules partiram rumo a Cusco, Peru, informou o jornal O Globo.

As aeronaves estão levando uma equipe médica e materiais de segurança biológica. Ao todo são 200 cidadãos brasileiros que estão em Cusco. Contudo, o número de brasileiros impedidos de retornar ao Brasil é bem maior, estima-se que haja 6 mil brasileiros nesta situação, sendo que a situação de maior atenção são para as pessoas que estão em Portugal, Peru, México e Equador.

A ação de repatriamento está sendo coordenada pelo Itamaraty, que vem tentando negociar com companhias aéreas para sejam feitos estes voos para trazer os brasileiros.

Até o momento já foram resgatados 2000 brasileiros, que vieram nos voos restantes das companhias aéreas que estão sendo bem afetadas pela crise do COVID-19. O Itamaraty pediu ao Ministério da Economia cerca de R$ 12 milhões para que as ações se resgate sejam feitas, incluindo o fretamento de aviões.

 

DEIXE UMA RESPOSTA