O Gripen F-39E brasileiro concluiu com sucesso seu primeiro voo no Brasil ao pousar no Centro de Ensaios em Voo do Gripen, localizado na unidade da Embraer, em Gavião Peixoto (SP), por volta das 15h07.

O caça decolou da cidade catarinense de Navegantes por volta das 14h00.

“A chegada do Gripen no Brasil e o seu primeiro voo são marcos importantes no Programa Gripen. Estamos orgulhosos dessa jornada ao lado de profissionais tão qualificados e comprometidos dos dois países”, comemora Micael Johansson, presidente e CEO da Saab. “Nós estamos seguindo o cronograma de entrega dos caças e mantemos o nosso compromisso de longo prazo com o Brasil”, publicou a SAAB.

Gripen F-39 na unidade da Embraer em Gavião Peixoto- Foto: CLAUDIO CAPUCHO

O Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, também destacou a importância do compartilhamento de experiências por meio da cooperação entre Brasil e Suécia.

“O Gripen aumenta a capacidade operacional da Força Aérea Brasileira e impulsiona uma parceria que fomenta a pesquisa e o desenvolvimento industrial dos dois países”, declarou o Ministro da Defesa.

Para o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, a chegada da primeira unidade da aeronave F-39 Gripen é um grande marco para o projeto.

“É uma imensa satisfação para a Força Aérea Brasileira ver esta aeronave voando em território nacional. O F-39 Gripen, novo caça multimissão da Força Aérea Brasileira, será a espinha dorsal da Aviação de Caça e veio para reafirmar o compromisso da FAB em manter a soberania do País, defendendo os vinte e dois milhões de quilômetros quadrados sob sua responsabilidade”, ressalta Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.


O caça vai passar agora por testes que foram testes iniciados na Suécia desde 2019 quando o caça fez seu primeiro voo.

Entre os testes que serão feitos no caça brasileiro está o do “sistema de comunicação Link BR2 – que fornece dados criptografados e comunicação de voz entre as aeronaves”, publica a empresa sueca.

Ao todo a FAB terá 36 unidades do caça, sendo que as primeiras unidades operacionais chegam no final de 2021, na Ala 2, em Anápolis (GO).

 

Fonte de apoio: SAAB/ Edição: Aeroflap

DEIXE UMA RESPOSTA