Indra implanta sistema inteligente de controle de temperatura de passageiros em aeroportos

Foto - Infraero/Divulgação

A Aena, administradora de aeroportos confiou à Indra, uma das companhias globais de tecnologia e consultoria, a implantação de um sistema de controle de temperatura de passageiros em treze de seus aeroportos. Por meio de um sistema câmeras de imagem termográfica, é possível verificar a temperatura corporal dos viajantes e reduzir aglomerações nos controles a fim de minimizar riscos de transmissão de doenças.

Na prática, o sistema é integrado por câmeras fixas, instaladas na área de desembarque de passageiros, e câmeras móveis de reforço, com as quais podem ser realizados controles aleatórios em qualquer ponto dos terminais. O diferencial do projeto está na tecnologia de alta precisão e sensibilidade utilizada pela Indra e no fato de que se trata de uma solução inteligente, que detecta o passageiro de forma autônoma, sem a necessidade de parar ou estar a certa distância. 

Isso é possível porque a tecnologia utilizada é capaz de reconhecer o rosto da pessoa e distinguir as zonas cobertas pela máscara, boné ou outras peças de vestuário para escolher o ponto em que pode realizar a medição de forma correta. Tudo isso sem a necessidade de intervenção humana.

Essa tecnologia para controle de temperatura, identificação e alerta de sintomas de doenças faz parte da linha de soluções Mova Protect da Indra e está integrada ao seu conjunto de sistemas para o gerenciamento e controle da mobilidade de pessoas e passageiros nos diferentes modos de transporte.

Aeroportos seguros com a tecnologia da Indra

A pandemia da Covid-19 forçou os aeroportos ao redor do mundo a reduzirem suas atividades. O processo de retorno à normalidade que esses locais enfrentam reque, cada vez mais, o uso de tecnologia para aliar conforto e eficiência. Nesse sentido, outros serviços oferecidos globalmente pela Indra são:

  • Soluções de Passenger Flow para controlar o fluxo de passageiros em qualquer ponto do terminal. Com o uso de tecnologias como Big Data ou Inteligência Artificial, é possível gerenciar de forma eficiente espaços internos e recursos associados, em particular as áreas onde podem ocorrer aglomerações: balcões de faturamento, controles de segurança, pontos de informação ou portas de embarque.

As soluções também permitem prever e antecipar a demanda de passageiros e seus comportamentos, facilitando um melhor gerenciamento das operações, especialmente em um momento como o atual, no qual processos de registro ou designação de intervalos de tempo (slots) estão sendo implementados para a chegada.


Essa gama de ferramentas faz parte da Indra Mova Solutions, a qual oferece um leque de soluções end to end, que facilita a digitalização no gerenciamento de qualquer infraestrutura de transporte e garante a máxima proteção e mobilidade dos passageiros. Também aumenta a capacidade efetiva da infraestrutura, sua segurança, sustentabilidade e eficiência.

  • A plataforma de gerenciamento de informações de segurança física (iSIM) da Indra, uma ferramenta que oferece uma visão única do que está acontecendo no aeroporto o tempo todo e que facilita o controle integral de todos os sistemas de videovigilância, controle de acesso, mergafonia, detecção de intrusão, assim como sistemas de medição de temperatura dos passageiros com câmeras termográficas.

Essa solução ajuda o gestor do aeroporto a implementar de forma rápida e flexível procedimentos padronizados para gerenciar a segurança, como estão fazendo atualmente.

A Indra tem uma experiência de mais de 30 anos desenvolvendo e implementando soluções para o setor de transporte e mobilidade e possui soluções que permitem transformar um aeroporto digital “Smart” em um aeroporto “Touchless”

 

Via: Assessoria Máquina Cohn&Wolfe

DEIXE UMA RESPOSTA