Itapemirim
Foto: Gabriel Benevides/Aeroflap

O Grupo Itapemirim estará priorizando a partir de hoje (19/12) somente o atendimento dos clientes que estejam fora de seu domicílio, e tenham voos marcados com a companhia aérea que encerrou as suas operações na última sexta-feira.

De acordo com a companhia, o cliente da Itapemirim que tenha voo marcado com a Itapemirim, para retomar a sua residência, deve solicitar a sua reacomodação pelos canais oficiais de atendimento da aérea.

Os demais clientes que ainda estejam em sua cidade de domicílio, com voos programados a partir de hoje, serão atendidos exclusivamente com o reembolso integral dos valores pagos.

Muitos passageiros da ITA relataram ao Portal AEROFLAP que continuam enfrentando dificuldades para obter atendimento nesta tarde de domingo, e que o contato não é estabelecido por telefone ou e-mail, que não é respondido.

A companhia orientou os passageiros que não tentem realizar check-in online e não compareçam aos aeroportos antes de contatar a empresa aérea.

Para solicitar o reembolso, o cliente pode procurar sua agência de viagem, enviar um e-mail para [email protected] com o nome completo e número do localizador de sua reserva ou fazer a solicitação diretamente pelo site da companhia. Para isso, basta seguir os seguintes passos:

  1. Clique em Meus Voos
  2. Faça o login com o seu usuário e senha
  3. Clique na opção Reemissão/Remarcação/Reembolso
  4. Selecione o seu ticket
  5. Selecione a opção Reembolso

O atendimento pode ser feito pelo telefone 0800 723 2121 e pelo chat presente no site da companhia (www.voeita.com.br). O horário de atendimento é das 6h às 21h. A ITA alerta que, devido à alta demanda, pode haver uma demora acima do esperado para o atendimento.

A companhia diz que segue trabalhando arduamente em conjunto com a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) para mitigar os efeitos causados aos passageiros pela suspensão temporária de suas operações. A ITA tem contado com o apoio das demais companhias aéreas nacionais para a reacomodação de passageiros impactados.

O Grupo Itapemirim também está utilizando a sua empresa de transporte rodoviário, a Viação Itapemirim, como parte do plano de contingência para a reacomodação dos passageiros por via terrestre.

 

DEIXE UMA RESPOSTA