Foto: Marinha indiana

Ocorreu com sucesso o pouso no porta-aviões indiano, INS Vikramaditya do caça leve demonstrador da empresa indiana Hindustan Aeronautics (HAL).

Os testes envolvendo o demonstrador começaram em 2014 e foram até o ano de 2019. O LCA Navy Mk1 estão desempenhando o papel de demonstradores de tecnologia, realizando testes e demonstrações de adequação aos porta-aviões. Isso ajudará no teste de voo de desenvolvimento, na validação de conceitos importantes e facilitará o treinamento de pilotos para operações de transportadoras com aeronaves.

Com tudo a Marinha Indiana já pensa em um novo vetor de fabricação nacional para ser operado a partir de porta-aviões, seria um LCA Navy MkII, um jato bimotor para cumprir as funções de um caça naval. 

Caso o planejado ocorra conforme o cronograma o primeiro voo do jato bimotor acontecerá no ano de 2026.

Atualmente a marinha da Índia opera caças MIG-29K, os caças são as maiores defesas aeronavais do país asiático. Com tudo além do projeto do LCA MkII, a Índia também demonstrou interesse em caças navais como o Boeing F/A-18 E/F Super Hornet, Dassault Rafale e a Saab também propôs uma versão naval do caça Gripen.

Foto: Marinha indiana
Foto: Marinha indiana

 

Fonte de apoio: Flight Global/ Edição: Aeorflap

 

DEIXE UMA RESPOSTA