• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

Jato secreto de Top Gun será exposto em show aéreo nos EUA

Jato hipersônico Lockheed Skunk Works Darkstar Top Gun: Maverick
Maquete do jato hipersônico Darkstar, de Top Gun: Maverick, será uma das atrações principais da Base Aérea de Edwards. Imagem: Lockheed Martin.

O jato hipersônico secreto Darkstar, de Top Gun: Maverick será exposto pela sua criadora, a Lockheed Martin, no show aéreo da Base Aérea de Edwards, uma das principais instalações de testes dos EUA. O evento acontece entre os dias 14 e 16 deste mês. 

Trata-se de uma aeronave fictícia, criada pela Skunk Works (divisão de projetos secretos da Lockheed) especialmente para o filme, a pedido dos produtores. Agora, segundo o Aviation International News Onlineuma maquete do avião que tornou Tom Cruise o homem mais rápido do mundo (pelo menos no cinema) será exposta na base. 

Top Gun maverick SR-72 hipersônico

Conforme a matéria assinada por Chris Pocock, o Darkstar será a atração principal no primeiro dia do evento, quando cerca de 12 mil alunos de ensino médio da região estarão presentes. A Lockheed e os organizadores da mostra esperam que isso estimule o interesse pelas carreiras aeroespaciais.

A sequência de cenas do jato hipersônico ocorre no início do filme lançado em maio deste ano, após anos de espera. O personagem Pete ‘Maverick’ Mitchell (Cruise) é um piloto de testes que deve levar o avião ao desempenho máximo, ou seja, 10 vezes a velocidade do som.

Em Top Gun, Maverick chega a Mach 10.4, mas o máximo atingido na vida real foi Mach 6.7 com o foguete North American X-15. O voo lendário ocorreu há 55 anos, coincidentemente na mesma base em que o mock-up do Darkstar será exposto. 

O evento em Edwards é formalmente chamado de Aerospace Valley Open House, Airshow e STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) Expo. É a primeira vez em 13 anos que a icônica base aérea abre suas portas.

Base Aérea de Edwards.

Vista aérea da base de Edwards. Foto: USAF.

Localizada no deserto ao sul da Califórnia, a base foi construída em 1933 e hoje é sede da escola de pilotos de teste da Força Aérea dos EUA (USAF). Um dos eventos mais notáveis do local foi a primeira quebra da barreira do som, em 1947, com o foguete Bell X-1 pilotado por Chuck Yeager.

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.

 


Estudante de Jornalismo na UFRGS, spotter e entusiasta de aviação militar.