JetBlue vira o ano recebendo o primeiro Airbus A220 da sua frota

A JetBlue terminou 2020 com uma grande novidade, a chegada do primeiro Airbus A220 na sua frota, inaugurando um novo ciclo de padronização de aeronaves na companhia.

A primeira aeronave tem a matrícula N3008J, e foi produzida nas instalações da Airbus nos Estados Unidos, em Mobile, no Alabama. Um voo de entrega levou o avião até o Aeroporto Internacional John F. Kennedy (JFK), em Nova York.

Esse será o primeiro A220 da JetBlue que irá começar a substituir os antigos Embraer 190 da companhia de baixo custo americana. Informações americanas dizem que o A220 da JetBlue terá capacidade para 140 passageiros mantendo um bom espaço de um assento ao outro.

Apesar disso, a JetBlue prometeu apresentar o interior da sua nova aeronave somente em meados deste mês, poucos antes do A220 entrar em operação na sua frota.

São ao todo 70 encomendas para aeronaves Airbus A220.

O A220 apresenta um custo operacional direto por assento quase 30% menor do que o atual E190. 

A frota do A220 também ajudará a redefinir ainda mais os custos de manutenção da JetBlue ao longo da década. A companhia aérea prevê que a frota do A220, com maior confiabilidade e intervalos de manutenção mais longos, terá um custo de manutenção por assento mais de 40% inferior ao do E190.


Com alcance de até 6300 km e queima de combustível por assento 40% menor em comparação com o E190 da JetBlue, o A220 abre a porta para novos mercados e rotas que não seriam lucrativas com a frota existente da JetBlue.

Airbus A220 JetBlue

O A220 cobre uma ampla combinação de possibilidades de mercado novas e existentes com excelente economia em mercados de curto, médio e até mesmo potencialmente transcontinentais. Isso permitirá uma melhor utilização geral da aeronave e proporcionará uma vantagem competitiva para a JetBlue em mercados de curta distância.

Além disso, os novos aviões serão equipados com Wi-Fi e também o sistema de TV Ao vivo que já é uma marca da empresa. Com a chegada do novo avião, a companhia aérea irá lançar novas rotas contando também com a autonomia e economia que os avanços da aeronave permite.

O A220 tem sido uma aposta de diversas companhias aéreas dos EUA, a Delta já possui aeronaves das versões -100 e -300. Além da Delta, a Breeze também de David Neeleman assim como a JetBlue, tem uma encomenda para 60 aeronaves A220-300.

 

Confira a montagem da aeronave, realizada nos Estados Unidos, no vídeo abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA