A Boeing, Korean Air e a Air Lease Corporation (ALC) anunciaram hoje (18/06) no Paris Air Show que a companhia planeja adicionar 30 novos aviões 787 Dreamliner à sua frota, com o compromisso de comprar 10 novas aeronaves 787-10 e 10 aviões 787-9 avaliados em US$ 6,3 bilhões a preços de tabela atuais.

Como parte deste acordo, a Korean Air também arrendará 10 aviões 787-10 da ALC.

A companhia optou pelo 787-10 Dreamliner para completar sua frota de voos de longa distância, baseada atualmente em aviões 787-9 e 777.

A Korean Air espera que o 787-10 consiga ser 25% mais eficiente por assento, em comparação com as aeronaves da geração anterior. A companhia escolheu motores GE GEnx para seus 787-10.

Com 68 metros de comprimento, o 787-10 pode atender até 330 passageiros em uma configuração padrão de duas classes, cerca de 40 a mais do que a frota de aviões 787-9 da Korean Air.

Com este pedido, a transportadora de bandeira da Coréia quadruplicará sua frota de 787 para 40 aviões, à medida que procura fortalecer sua frota de longa distância.

A Korean Air opera uma frota de 96 aviões de passageiros da Boeing, incluindo os aviões dos modelos 737, 747, 777 e 787. A companhia aérea também opera uma frota de cargueiros da Boeing com as aeronaves 747-400F, 747-8F e 777F.