Boeing 767F Florianópolis LATAM
Foto: Felipe Carneiro/Floripa Airport

A LATAM Cargo, unidade de transporte de cargas do grupo LATAM, irá dobrar a sua capacidade – de 55 para 110 toneladas semanais – na rota Miami-Florianópolis a partir desta quinta-feira (30/06).

O investimento visa atender a alta de importações registrada no Sul do País em função da retomada da indústria local, após dois anos da pandemia de Covid-19. A rota beneficia principalmente o mercado de Santa Catarina e os importadores do Paraná e do Rio Grande do Sul. 

Agora, a operação, inaugurada em agosto de 2020, contará com sua segunda frequência semanal, que também será realizada por aeronaves cargueiras do modelo Boeing 767-300F.

Além dos voos às segundas-feiras, que partem de Miami às 3h20 e pousam em Florianópolis às 15h10, a empresa acrescenta mais um voo às quintas-feiras com decolagem prevista de Miami às 8h00 e pouso no destino às 19h50. 

De acordo com Otávio Meneguette, diretor da LATAM Cargo no Brasil, além de atender à demanda atual, essa ampliação reflete os ótimos resultados obtidos no primeiro ano de operação, o que ratifica a força comercial dessa rota.

“Movimentamos mais de 650 toneladas neste período. Isso corresponde a aproximadamente R$ 750 milhões em cargas”, conta. “Ainda, sete estados do entorno foram beneficiados e 138 diferentes importadores atendidos”, complementa.

Latam Cargo
Foto: LATAM Cargo / Divulgação

Para Ricardo Gesse, CEO da Zurich Airport Brasil, a segunda frequência consolida Santa Catarina como um hub logístico do Sul do país, com um crescimento consistente mês a mês.

“A rota Miami X Florianópolis e a eficiência do nosso terminal, que mantém 80% das cargas liberadas em até 24 horas, aliadas ao tratamento tributário diferenciado de Santa Catarina tornam o nosso produto competitivo como poucos”

Atualmente, a LATAM Cargo realiza o transporte em aviões cargueiros e no porão de aeronaves de passageiros para até 139 destinos em 22 países, sendo 7 deles exclusivos para o transporte de cargas. No Brasil, atende a 50 destinos.

Ao todo, o Grupo LATAM já conta com 14 aeronaves cargueiras do modelo Boeing 767-300F em sua frota e está avançando no seu projeto global de conversão de 10 Boeing 767 de passageiros em cargueiros até 2023, quando totalizará 21 aeronaves Boeing 767-300F.

 

LATAM Cargo e Floripa Airport: parceria que fortalece economia do Sul

A operação regular da rota Miami-Florianópolis só foi possível porque, em outubro de 2019, a Floripa Airport, subsidiária do grupo Zurich Airport, o qual detém a concessão do aeroporto por 30 anos, obteve a homologação para receber aeronaves de grande porte, as de códigos D e E, que é o caso das aeronaves utilizadas pela LATAM Cargo (Boeing 767-300F).

Antes desta parceria com o aeroporto, com conexões em São Paulo ou Curitiba, o trajeto das encomendas levava entre 48 e 72 horas; mas, hoje, o voo direto reduziu o tempo total para 12 horas, ou seja, três a cinco vezes menor.

Assim, para reforçar a importância dessa operação para a economia do Sul, a primeira operação da nova frequência da rota Miami-Florianópolis foi prestigiada por representantes do governo estadual, da LATAM Cargo, da Floripa Airport e da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), em cerimônia especial para celebrar o crescimento das operações, que proporcionam agilidade e custos menores para a indústria e o comércio de toda a região Sul do Brasil.

No Brasil, segundo os dados consolidados da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), a LATAM Cargo manteve em abril de 2022 a liderança (21,2% de participação) no transporte internacional de cargas aéreas por meio do somatório da operação de suas subsidiárias LATAM Brasil, LAN Chile, LAN Peru, ABSA e LAN Cargo. No mês, a empresa transportou mais de 17 mil toneladas de cargas.