LATAM divulga mitos e verdades sobre o funcionamento dos filtros de suas aeronaves

Foto - LATAM/Reprodução

A LATAM Brasil preparou um material explicativo para esclarecer dúvidas sobre a eficácia dos filtros utilizados nas aeronaves de sua frota. A ferramenta, agregada aos demais cuidados a bordo, oferece ar de qualidade e segurança para voar mesmo em tempos de pandemia.

O HEPA (High Efficiency Particulate Air) é um filtro de ar industrial utilizado em todas as aeronaves da LATAM. Com alta capacidade de filtração, ele faz parte do sistema de ar condicionado e pressurização, que renova a cada 3 minutos todo o ar da aeronave, garantindo um fluxo de ar maior que em qualquer outro ambiente fechado.

O filtro é o mesmo utilizado em ambientes hospitalares e extrai mais de 99,9% dos menores vírus e bactérias presentes no ar, tão pequenos quanto 0,01 micrômetro.  O Coronavírus, que varia de 0,08 a 0,16 micrômetros, é filtrado com eficiência pelos filtros HEPA utilizados nas aeronaves.

“As pessoas tendem a pensar que o ar dentro das aeronaves é viciado e um ambiente propício para a contaminação, mas a verdade é totalmente o contrário. O ar da cabine do avião é uma mistura de ar fresco captado da atmosfera e de ar que passou por estes filtros de alta eficiência, o que torna o ambiente mais seguro, controlado e com ar de qualidade”, explica Alexandre Peronti, diretor de Manutenção da LATAM Airlines Brasil.

O ar da cabine vem do nível do compartimento superior de bagagem (sobre e por detrás dos bins) e é captado no nível do chão da aeronave, o que significa que ele vem de cima para baixo, e não ao contrário. Algo importante é que não existe fluxo de ar no sentido horizontal, entre a parte da frente e de trás do avião.

Veja abaixo o material ilustrativo da companhia com mitos e verdades sobre o ar das cabines. (Dê zoom para visualizar todas as informações, caso encontre dificuldades)

 

Outras medidas importantes


A companhia destaca ainda que os filtros HEPA são uma das ferramentas da companhia para oferecer mais segurança a bordo. Outras medidas também são realizadas em conformidade com os mais altos padrões de limpeza mundiais, como a pulverização de todo o interior das aeronaves e a limpeza de todas as superfícies de contato, com aplicação de álcool 70% em poltronas, compartimentos de bagagem, mesinhas de refeição e banheiros, por exemplo.

Todos os passageiros e colaboradores devem utilizar máscaras, e a companhia oferece também álcool em gel em dispenser e sachês aos passageiros para a limpeza das mãos. O serviço de bordo foi adaptado para assegurar o mínimo de manipulação dos itens servidos. Nos check-ins há a orientação constante e marcações no chão para que os passageiros mantenham o distanciamento nas filas.

Neste vídeo acima é possível visualizar parte das medidas de higiene e distanciamento social adotadas pela LATAM, que já elevou seus níveis de segurança de acordo com as recomendações da Iata (Associação Internacional de Transporte Aéreo) e das autoridades sanitárias.

 

DEIXE UMA RESPOSTA