LATAM Boeing 787
Foto: LATAM/Divulgação

Sem operar voos para a Oceania desde o início da crise sanitária do coronavírus em 2020, a LATAM Airlines reacendeu o seu desejo em retomar os voos para as cidades de Auckland, Sydney, cidades localizadas na Nova Zelândia e Austrália, respectivamente. 

Segundo informações do portal Simple Flying, a companhia operará os voos para a Austrália e a Nova Zelândia a partir de Santiago do Chile (algo que já era feito antes) com as rotas Santiago-Sydney e Santiago-Auckland-Sydney, todos operados pelo Boeing 787 Dreamliner, deixando Melbourne sem previsão de retorno. 

Entretanto, os voos para Auckland e Sydney deverão ocorrer somente a partir do primeiro trimestre de 2022, sendo três voos semanais a partir de março. Contudo, a companhia poderá rever a previsão de retomada em decorrência das restrições sanitárias vigentes tanto na Austrália como na Nova Zelândia. 

Curiosamente, além do Grupo LATAM, a Qantas e a Air New Zealand também operavam voos entre a Oceania e a América do Sul antes da pandemia da covid-19. A Qantas utilizava os aposentados Boeing 747-400 entre Sydney e Santiago, já a Air New Zealand, utilizava o Boeing 777-200ER para conectar Auckland até Buenos Aires, ambas as rotas foram descontinuadas até o momento.

Com informações: Simple Flying

DEIXE UMA RESPOSTA