LATAM Vacinas Brasil

Por meio do Avião Solidário, companhia levou gratuitamente para 26 estados e o Distrito Federal mais da metade (56%) dos imunizantes transportados pelo modal aéreo no Brasil

Nesta quarta-feira (8/9), a LATAM atingiu a marca histórica de mais de 100 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 transportadas de graça para todo o Brasil por meio do programa Avião Solidário. A companhia tem atuado no transporte gratuito dos imunizantes desde janeiro deste ano, quando foi iniciada a imunização no País. 

Até o momento, foram quase 1.500 voos da LATAM carregados com os imunizantes para levar esperança para mais de 50 milhões de brasileiros de todos os 26 estados e o Distrito Federal.

O volume de 100 milhões de vacinas embarcadas gratuitamente pela LATAM Cargo até agora correspondem a mais da metade (56%) do total de vacinas transportadas pelo modal aéreo dentro do País, sendo a LATAM a aérea líder desta operação, o que enfatiza a responsabilidade social da companhia no cenário de pandemia global.

“O marco de 100 milhões de vacinas transportadas gratuitamente para todas as regiões do Brasil nos enche de orgulho e representa muito mais do que um número. Ele significa que o esforço de cada funcionário da LATAM para encurtar as distâncias e levar a esperança mais longe deu certo. A luta contra essa pandemia é de todos nós da sociedade civil e a LATAM está feliz de ter colocado o que ela tem de melhor, a agilidade e o alcance do seu avião, em prol da vida das pessoas”, afirma Jerome Cadier, CEO da LATAM Brasil.

Desde o início da pandemia, a LATAM tem buscado maneiras de contribuir e ajudar o Brasil e a América do Sul a vencer o Coronavírus.

Além de todo o trabalho de coordenação, organização e operação de voos para transportar os imunizantes, a companhia, por meio do programa Avião Solidário, também disponibilizou toda a sua infraestrutura para levar 1,7 mil profissionais da saúde para atuarem em outros estados ao longo dos meses mais críticos de pandemia. Também atuou ao longo dos últimos meses no apoio a projetos sociais de ONGs parceiras.

Um exemplo foi a atuação da empresa diante da maior dificuldade no enfrentamento da pandemia em Manaus (AM). Na ocasião, a LATAM transportou 187 ventiladores pulmonares desenvolvidos por pesquisadores da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) para suprir a demanda hospitalar ocasionada pelo agravamento da Covid-19 na capital do Amazonas.

Em abril deste ano, para auxiliar no combate à fome e à insegurança alimentar no Brasil após o agravamento da pandemia, a LATAM doou 100 toneladas de alimentos para famílias de mais de 10 estados.

Na ocasião, a companhia destinou para instituições parceiras ligadas ao combate à fome as refeições do serviço de bordo que não foram consumidas desde o início da crise sanitária e ainda transportou por meio do Avião Solidário mais 60 toneladas de cestas básicas doadas por instituições. 

 

Por trás dos números, pessoas

Na frente de transporte gratuito das vacinas, é importante ir além dos números para conhecer também quem está por trás dessa operação. O piloto Victor Cunha, por exemplo, é o comandante que mais transportou vacinas contra a Covid-19 gratuitamente no Brasil. Até agora, ele já foi o comandante de 7 voos da LATAM no Brasil que tiveram vacinas embarcadas gratuitamente pelo programa Avião Solidário.

Esses 7 voos foram responsáveis por levar o total de 406 mil doses das vacinas – volume equivalente à população total de municípios brasileiros como Rio Branco, Campina Grande ou Piracicaba. Os voos comandados por Victor ajudaram a abastecer a rede de saúde de estados como Amapá, Ceará, Paraíba, Maranhão e Distrito Federal.

Em alguns voos, os comissários de bordo chegaram a anunciar aos passageiros que havia cargas especiais a bordo. A reação mais comum e recorrente dos clientes foi de palmas de alegria e reconhecimento pelo esforço da LATAM.

José Luiz Mendes, coordenador de Operações da LATAM Cargo Brasil, que atua nas atividades cargueiras da empresa no aeroporto de Guarulhos (São Paulo), principal hub (centro de conexões) de todo o Grupo LATAM, já atuou no embarque de mais de 90% das vacinas transportadas pela companhia no Brasil.

Sob a sua responsabilidade estão outros 230 funcionários da LATAM Cargo, entre operadores e agentes de carga aérea. Segundo Mendes, sem dúvidas, coordenar o coração dessa operação tem um valor diferente, um aspecto humanitário para fazer funcionar toda essa engrenagem e levar as vacinas contra a Covid-19 a todos os cantos do País.

 

 

Via: LATAM Airlines

DEIXE UMA RESPOSTA