Leonardo Super Lynx MK21B Marinha do Brasil
Foto: Marinha do Brasil

A Marinha do Brasil e Leonardo MW completaram o Teste de Aceitação de Fábrica para o quarto dos oito helicópteros Super Lynx Mk21B atualizados. O teste foi realizado no Reino Unido, no final do ano passado.

Os dois primeiros Super Lynx atualizados foram entregues em fevereiro de 2019. Esta aeronave assume formalmente as atribuições do já existente Lynx Mk21A, sendo que uma delas já opera na esquadra de São Pedro da Aldeia e a segunda está envolvida em ações da ONU – Organização das Nações Unidas- no Mediterrâneo.

Já a terceira aeronave foi entregue à Marinha em maio de 2020. As quatro aeronaves restantes, devem ser entregues progressivamente, com a previsão de encerramento do programa no final de 2022.

A versão atualizada do helicóptero Lynx permitirá uma melhora significativa nas capacidades da aviação naval brasileira, com um melhor desempenho da aeronave e eficácia da missão.

O voo inaugural do Super Lynx Mk21B da Marinha do Brasil foi realizado em setembro de 2017, no campo da Leonardo, na cidade inglesa de Yeovil, que contou com a presença da equipe residente da Marinha do Brasil (a ‘Equipe GFRLynx’), que atua nesta cidade desde 2015. Constituída por um total de nove militares do Esquadrão HA-1 Lynx, é chefiada por um Capitão da Marinha, apoiado por um grupo de oficiais comissionados e suboficiais.

O Super Lynx Mk21B é movido por dois motores CTS800-4N de última geração, já utilizados no Super Lynx 300 e nos helicópteros AW159, que permitem que a aeronave obtenha maiores incrementos de desempenho, especialmente em ambientes com alta temperatura, aumentando a carga útil e a efetividade da missão.

Um novo cockpit de vidro, complementado por um conjunto aviônico avançado, compreende um processador tático, sistema de navegação por satélite, ajudas de navegação civil -incluindo um Sistema de Prevenção de Colisão de Tráfego (TCAS)-, Sistema de Identificação Automática (AIS), receptor de alerta de radar / medidas de vigilância eletrônica integrados com dispensadores de contramedidas e um cockpit totalmente compatível com Night Vision Goggle (NVG), junto com um novo guindaste de resgate elétrico.

A Marinha Brasileira vem operando o helicóptero Lynx por mais de quatro décadas. Atualmente, existem mais de 190 helicópteros da Leonardo em operação no Brasil, que atuam em uma ampla gama de missões, incluindo: transporte corporativo e privado, aplicação da lei, serviços públicos, transporte em plataformas de petróleo e aplicações navais.


 

Via: Leonardo