Panavia Tornado da Luftwaffe- Foto: Forças Armadas Alemã

A Força Aérea Alemã (Luftwaffe), irá aumentar o número de simuladores do caça de ataque Panavia Tornado já que planeja usar a aeronave até 2030 e at´´e lá precisa formar mais pilotos capacitados em voar o caça de fabricação inglesa, alemã e italiana.

Hoje a Luftwaffe tem apenas dois simuladores, um instalado na base de Buchel e outro na base aérea de Schleswig-Jagel. Um terceiro simulador voltará à Alemanha esse está quase no término de uso de treinamento na base da USAF Holloman, no Novo México, EUA.

Agora podemos fazer muito treinamento de nível superior, mas queremos levar isso ainda mais adiante”, diz Michael Sauer, representante de atendimento ao cliente da CAE para os simuladores Tornado da Força Aérea Alemã.

Os três simuladores serão atualizados em longo prazo, para que assim possa apoiar o treinamento com bombas guiadas a laser e um pod de direcionamento, adequando-se assim ao padrão de combate dos Tornados IDS.

O simulador da base de Buchel será retirado para atualização que levará cerca de seis meses, já o simulador que está em Schleswig-Jagel, seguirá o mesmo que foi feito com o simulador que foi para os EUA, será atualizado e devolvido em 2021.

Fonte de apoio: Flight Global/ Ataptação: Aeroflap