A Mammoth Freighters, uma empresa dos Estados Unidos, anunciou na última semana o lançamento de seu programa de conversão de aeronaves, passageiro em cargueiro, direcionado aos aviões Boeing 777-200LR e Boeing 777-300ER.

A Mammoth possui uma licença de dados da Boeing para executar conversões do 777 da configuração de passageiros para cargueiros.

A Mammoth oferece aos operadores de carga aérea e proprietários de ativos a capacidade de converter suas aeronaves em cargueiros, ou alugar cargueiros convertidos prontos para voar a partir da frota da empresa.

A empresa também adquiriu alguns Boeing 777 que operavam na frota da Delta Airlines. Atualmente 10 aeronaves estão na posse da empresa Fortress Investment Group, que faz parte do mesmo grupo.

“Reunimos uma equipe distinta de mais de 100 profissionais de design, engenharia, certificação, produção, operacional e vendas com experiência significativa na conversão de aeronaves de passageiros em cargueiros”, disse Bill Wagner, co-CEO da Mammoth. “Estamos realmente entusiasmados em trazer os 77 da Mammoth de alta capacidade e longa distância para o mercado para atender às demandas atuais e futuras deste setor de carga aérea em rápido crescimento.”

Com base em outro projeto que está em andamento, do 777-300ERSF, da GE em parceria com a israelense IAI, é capaz de um 777-300ER convertido para carga transportar até 201 m³ de carga, totalizando aproximadamente 128000 kg a bordo.

Para efeitos de comparação, um 777F que a própria Boeing fabrica pode transportar um máximo de 103700 kg. Este avião “de fábrica” é montado com base no 777-200LR, que a Mammoth também converterá para o transporte de carga.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA