Caça MIG-29- Foto: © Sergei Bobylev / TASS

Um caça Mig 29 da Rússia interceptou duas aeronaves da força aérea norueguesa sobre o Mar de Barents, a interceptação aconteceu ontem (10/09). O caça russo se aproximou dos alvos que apareceram os radares russos, alvos estes que foram identificados como um Falcon 20 e P-3C Orion.

“Para identificar os alvos aéreos e evitar violações das fronteiras do estado da Rússia, um caça MiG-29 da defesa aérea da Frota do Norte foi enviado”, publicou o site estatal russo TASS.

Ambas aeronaves da Noruega cumprem papel de reconhecimento e patrulha. Assim que o caça russo se aproximou dos aviões e os mesmos mudaram sua rota, o caça retornou a sua base de origem.

Caça MIG- 29 da Rússia- © Foto: Krasimir Grozev

“O voo do caça MiG-29 ocorreu em estrita conformidade com as regras internacionais de uso do espaço aéreo”, disse o Centro de Controle de Defesa Nacional.

Mesmo que não tenha dito maiores problemas, o Ministro da Defesa da Rússia Sergei Shoigu, demostrou estar preocupado com as crescentes intepretações de aeronaves próximo as fronteiras russas.

De acordo com o site TASS, Serjei disse que voo de aeronaves de reconhecimento da OTAN perto das fronteiras da Rússia cresceu mais de 30% em comparação com o ano passado.

No entanto, a preocupação maior do ministro russo foram os recentes voos de bombardeiros B-52 próximo a forneiras da Rússia. Voos estes inclusive que tiveram a escolta de caças de nações membras da OTAN.


 

DEIXE UMA RESPOSTA