Starship NASA SpaceX Lua
Ilustração do projeto do módulo de pouso humano da SpaceX Starship que transportará os astronautas da NASA para a superfície da Lua durante a missão Artemis.

O foguete Starship da SpaceX foi selecionado pela NASA para participar do programa Artemis, que tem como foco enviar humanos novamente para a Lua.

Dentro do programa Artemis será o primeiro da NASA com foco em levar humanos até a Lua desde o programa Apollo, da década de 60/70. O foguete da SpaceX será o primeiro a levar humanos para a Lua após o Saturn V, de acordo com a empresa.

Ao mesmo tempo a NASA disse que continua o desenvolvimento do SLS, seu novo foguete que na realidade tem como base os propulsores utilizados no programa do Space Shuttle.

O foguete do Sistema de Lançamento Espacial (SLS) da NASA lançará quatro astronautas a bordo da espaçonave Orion para sua jornada de vários dias na órbita lunar. Lá, dois membros da tripulação serão transferidos para o sistema de pouso humano (HLS) da SpaceX para a etapa final de sua jornada à superfície da lua.

Ou seja, o foguete da SpaceX que será efetivamente utilizado para pousar na Lua.

Após aproximadamente uma semana explorando a superfície, eles embarcarão no módulo de pouso para sua curta viagem de volta à órbita, de onde retornarão a Orion, da NASA, juntamente com outros astronautas, antes de retornar à Terra.

O esquema utilizando módulos de pouso e navegação é bem semelhante ao Programa Apollo, porém, agora há dois foguetes envolvidos em cada missão.

Durante sua comunicação com a imprensa, na tarde desta sexta-feira (16) a NASA ressaltou as capacidades e experiência da SpaceX em realizar lançamentos e pousos com foguetes por diversas vezes, acrescentando que em breve o Starship será totalmente capaz de realizar esse tipo de missão.

“A equipe da NASA terá a percepção do progresso que a SpaceX está fazendo e se eles estiverem atingindo seus marcos, podemos ter uma chance em 2024”, disse o administrador interino da NASA Steve Jurczyk, falando sobre um prazo para a missão até a Lua. A meta anunciada anteriormente pela NASA é de realizar as primeiras missões tripuladas em 2024. 

Por outro lado, a agência ainda acrescentou que espera do foguete a capacidade de cumprir uma missão completa, sendo lançado da Terra até a Lua, mesmo com o SLS aparecendo por enquanto como protagonista.

O contrato de desenvolvimento do Starship sob o programa Artemis tem um valor total de US$ 2,89 bilhões, e foi assinado recentemente entre a agência e a SpaceX.