Mock-up do Hürjet, novo jato de treinamento avançado da Turquia. Foto: TAI.

A Turkish Aerospace Industries (TAI) deve começar a fabricar o Hürjet, novo jato de treinamento e ataque leve da Turquia, ainda no final desse ano. A empresa já concluiu o processo de design crítico e lançou a produção de peças detalhadas.

Falando à Agência Anadolu, Tuncay Çopur, Gerente do Programa de Aeronaves de Treinamento da TAI, disse que a fabricante começou os trabalhos na nova aeronave ainda em agosto de 2017, usando recursos próprios.

Çopur também explicou que o projeto conceitual foi concluído em abril de 2018, enquanto o projeto preliminar foi terminado em julho de 2019 e as atividades de projeto crítico em fevereiro de 2021. 

“Com a conclusão do projeto crítico, iniciamos nossas atividades de produção de peças detalhadas. Nosso objetivo é produzir cerca de 4.400 peças detalhadas, 80% das quais vêm da subindústria (local) e 20% da TAI.”

O Gerente também destacou que o jato pode desempenhar diversas funções, inclusive demonstração aérea na equipe da Força Aérea Turca, os “Turkish Stars”, e até mesmo embarcado em porta-aviões. 

“Ele também terá a infraestrutura para pousar e decolar do próximo porta-aviões leve de nosso Comando das Forças Navais (DzKK), e nossas discussões com a marinha sobre isso estão em andamento.”

Mock-up do Hürjet, novo jato de treinamento avançado da Turquia. Foto: TAI.

É previsto que o jato faça seu primeiro voo em dezembro de 2022 com a produção iniciando no último trimestre desse ano. “As nossas atividades de certificação vão continuar e pretendemos lançar este produto em 2025-2026 se nada der errado.”

Çopur também comentou sobre as possibilidades de exportação da aeronave, afirmando que a TAI considera necessidades domésticas e internacionais na fase de desenvolvimento, tentando criar uma plataforma que possa competir na arena global. Dois protótipos diferentes estão planejados para serem desenvolvidos dentro do escopo do projeto.

Apesar das diferentes funções possíveis, Çopur enfatizou que o objetivo principal é desenvolver e fabricar uma aeronave primariamente de treinamento avançado. A fabricante segue avaliando avaliando as possibilidades de atender a diversas necessidades operacionais.

“A primeira delas é ser capaz de projetar uma aeronave que atenderá às necessidades do ‘acroteam’. Em seguida, pretendemos produzir uma versão da aeronave para ser usada como uma aeronave de contra-força (aggressor) usada em vários exercícios. Simultaneamente, pode haver várias versões destas para preparação de combate.”

Ele acrescentou que a aeronave terá aproximadamente 14 metros de comprimento (45,93 pés), quatro metros de altura e uma envergadura de 9,5 metros, com um possível teto de serviço de 13.4km (45.000 pés). O Hürjet terá sete pontos duros, três sob a asa e um na fuselagem.

Jato Hurjet. Foto: Turkish Aerospace

Via Daily Sabah