Acidente Indonésia Sriwijaya Air Boeing 737
Foto: JetPhotos - Panji Anggero

O presidente do Comitê Nacional de Segurança de Transporte da Indonésia disse ontem(02) durante uma coletiva de imprensa que existe a possibilidade de ter acontecido um mau funcionamento no autothrottle do Boeing 737-500 da Sriwijaya Air.

Com o problema do mau funcionamento do sistema, causou uma discrepância na impulsão assimétrica dos motores. Cerca de 5 partes dos motores que foram encontradas, incluindo o sistema de autothrottle foram enviados para os EUA e para o Reino Unido, para que seja feita uma analise profunda e detalhada para chegar ao motivo do mau funcionamento. 

Hoje dia 3 de fevereiro, houve uma nova coletiva de imprensa com o ministro e o presidente do Comitê Nacional de Segurança. Durante a coletiva foi informado que a área em que os destroços foram encontrados tem cerca de 110 metros com uma profundidade entre 16 e 23 metros.

Foi reforçado que não houve indícios de explosão no Boeing e também os investigadores informaram que não há indícios que o avião da Sriwijaya tenha se partido antes do impacto com a água. 

No momento da partida do Boeing 737-500 da Sriwijaya Air havia formação de nuvens cumulonimbus, entretanto sem prejudicar a visibilidade dos pilotos. Não houve raios durante a decolagem, mas havia chuva leve. 

Ao decolar e seguir pela rota padrão, a aeronave estava a 7.900 pés com planejamento de voo para subir até 29.000 pés. Enquanto seguia a trajetória planejada, a tripulação solicitou um desvio de 075 graus a direita, que foi autorizada pela torre de controle. A torre autorizou a curva a direita mas mantendo a altitude de 11 mil pés para depois subir a 13 mil pés.

O controlador percebeu menos de 1 minuto depois que os pilotos viraram a esquerda, sentido inverso do que haviam solicitado. Entrou em contato com a tripulação mas não houve resposta, foram 11 tentativas de contato sem retorno até a aeronave sumir dos radares. Outra aeronave próxima tentou contato mas também não houve resposta.


A caixa-preta ainda não foi encontrada pelos investigadores que garantiram que as buscas continuam. Há poucos dias partes do gravador de voz da cabine foram encontradas, serão parte fundamental na investigação. 

 

Fonte: The Aviation Herald