Sukhoi Su-57 Rússia stealth caça
Sukhoi SU-57- Foto: © Sergei Bobylev /TASS

Dois novos caças stealth Sukhoi Su-57 de produção foram flagrados por spotters na Rússia. As aeronaves foram registradas nos dias 25 e 26 durante uma escala no Aeroporto Tolmachevo, em Novosibirsk, no leste do país. 

Os dois caças stealth foram flagrados pelo grupo de fotografia aeronáutica NskPlanes e de acordo com o portal russo Aviation21, receberam os números de fuselagem 53 e 54 vermelho, com matrículas RF-81777 e RF-81778.

Com os novos aviões, as Forças Aeroespaciais Russas (VKS) agora possuem cinco Su-57 Felon (como o jato é chamado pela OTAN) de produção seriada. 

Embora a produção em série do Su-57 tenha sido inicialmente planejada para começar em 2016, os russos enfrentaram uma série de atrasos que levaram o início da fabricação para 2019. A primeira aeronave caiu no final daquele mesmo ano, durante um voo de teste antes de ser entregue aos militares. 

A VKS recebeu seu primeiro Su-57 stealth de série em dezembro de 2020, marcado como 01. Outras duas aeronaves, marcadas como 02 e 52, foram recebidas em dezembro de 2021, duas a menos que as quatro aeronaves anunciadas pelo governo para aquele ano.

Um dos protótipos do Su-57 pintado com a silhueta do drone S-70. Foto: Tom Demerly.

Fontes também afirmam que a VKS estaria operando alguns dos 10 protótipos do modelo, chamados T-50. Ao todo, 76 aviões foram encomendados por Moscou à UAC, que deve entregá-los até 2027.

Segundo uma fonte da agência estatal TASS, a Rússia estaria empregando os jatos furtivos em combate na Ucrânia. 

“O uso da aeronave Su-57 na Ucrânia começou duas a três semanas após o início da Operação Especial. As aeronaves estão trabalhando fora da zona de atividade das defesas aéreas inimigas. Elas estão usando mísseis”, disse a fonte da TASS, que não confirmou se o Su-57 foi responsável por ataques.