Pan Am Railways ferroviária companhia aérea
Foto:

Mais conhecida como Pan Am, a famosa e extinta companhia aérea sem dúvidas é uma das marcas mais icônicas de toda a história da aviação civil.

Pioneira na operação dos aviões a jato, a Pan Am focou as suas operações em rotas transatlânticas, ligando os Estados Unidos para diversos destinos na Europa, Ásia e nas Américas.

Para quem também não se lembra, a empresa aérea também foi a primeira companhia a operar regularmente a ‘Rainha dos Céus’ em 13 de dezembro de 1969 (relembre essa história clicando aqui).

Além disso, a companhia norte-americana também foi a responsável por realizar a estreia do menor 747 existente, a versão SP. O primeiro 747 operado pela empresa permaneceu em operação até o último dia da empresa em 4 de dezembro de 1991, no ano seguinte operava mais algum tempo pela Trans-Air Services até ser desmontado tempos depois.

Pan Am Railways ferroviária companhia aérea
A Pan Am foi o cliente lançador do boeing 747 Foto: Konstantin von Wedelstaedtvia via Wikimedia Commons

Empresa símbolo e vista como a principal operadora dos Estados Unidos, a Pan Am na sua vida operacional sempre focou nos vos transatlânticos, a falta de oferta doméstica foi vital para o colapso da companhia em dezembro de 1991.

Sem operar na aviação por mais de duas décadas, muitos entusiastas gostariam de rever a volta de uma companhia aérea com a marca Pan Am aos céus, mas poucos sabem que a marca da lendária empresa ainda existe e está estampada em diversos trens que atuam em algumas ferrovias dos Estados Unidos.

Mesma marca, mas como negócios distintos da aviação: Pan Am Railways

Pan Am Railways ferroviária companhia aérea

Foto: BMRR (CC BY-SA 4.0), via Wikimedia Commons

Mais conhecida como Pan Am Railways ou Ferrovias Pan Am, a atual Pan Am antes se chamava Guilford Rail System, empresa que comprou os direitos de uso do nome e da tradicional marca em 1998.

Apesar do nome tradicional, a Pan Am Railways atua em ferrovias regionais classe II, atuando em Nova York, Nova Inglaterra e outras linhas de menor prestígio no Nordeste dos Estados Unidos.

Controlada até abril deste ano pela Pan Am Systems, a sua antiga empresa mãe era baseada em New Hampshire, com negócios em transporte ferroviário, fabricação e energia, marcas relacionadas ao transporte e divisões imobiliárias.

Adquirida pela CSX Corporation, uma holding norte-americana focada em transporte ferroviário e imobiliário na América do Norte, a Pan Am Railways é apenas uma pequena e talvez uma vaga lembrança de uma das companhias aéreas mais conhecidas no mundo todo.